segunda-feira, janeiro 23, 2017

Ao terceiro tudo sabe a vagar...


Já tem sete meses e meio mas a fotografia é de quando nasceu. É o bebé mais tranquilo, mais feliz e mais despachado que já tive.

Aqui nunca escrevi nada sobre ele mas quem sabe se não o farei um dia. É o Afonso, mais conhecido como "abacate". E eu tenho o meu coração a transbordar.

quarta-feira, outubro 12, 2016

Ela ainda não é uma teenager...


Nem a minha bebé vai fazer amanhã 13 anos nem o meu bebé mais novo já tem 4 meses... ou então é mesmo assim. Porque raio passa tão depressa o tempo no que sabe bem?

A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos! A Joana ainda só tem 12 anos!

domingo, abril 24, 2016

Acho que já sabem o que vou dizer...

ou então...









não...






parece que ainda havia espaço para mais Costinhas no mundo!

Apresento-vos o Abacate. Na fotografia tinha apenas 26 semanas mas hoje já tem 32 semanas e 3 dias e adora fazer ginástica aqui dentro! A barriga é igual à dos manos: e-nor-me! A viagem está a ser fantástica, e, os manos não vêem a hora de o (sim, é um gajo) terem cá fora para ser estragado com mimos. Só lhe falta o nome.

E agora sim... ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos!  ele ainda só tem 9 anos!ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos! ele ainda só tem 9 anos!

segunda-feira, outubro 12, 2015

A minha filha só tem 11 anos...

Como dizer isto? Não tenho aquela sensação que o tempo passou num piscar de olhos. Sei que levou o tempo que tinha de levar, mas não sei bem como estamos a poucas horas dela cumprir doze anos do lado de cá do mundo.

Tão bom... ainda assim, como dizer também isto? Não me importava que o tempo passasse mais devagar, que me deixasse aproveitar ela assim pequenina. É por isso que digo:

A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos! A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos! A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos! A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos! A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos! A minha filha ainda só tem 11 anos! A minha filha só tem 11 anos!

quarta-feira, junho 17, 2015

De há uns tempos para cá...


Que a vontade de voltar aqui tem vindo a aumentar.

[os miúdos estão quase de férias, ela já vai para o 7º ele para o 4º e continuam a gostar de aprender. Estão uns miúdos giros, felizes, amigos dos seus amigos e capazes de me levar à loucura quando estão para aí virados. Não podia pedir mais.]

sábado, abril 25, 2015

Ele ainda só tem 8 anos...

Eu sei, devia ter escrito ontem. Mas não deu, foi um dia sempre a correr e cheio de comemorações muito próprias. Mas a verdade é que ele só nasceu hoje às 23:48, vai daí...


O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos! O meu filho só tem 8 anos!

[parabéns príncipe!]

segunda-feira, outubro 13, 2014

Onze anos....

Ooooppsss... a minha filha já tem onze anos.

Não sei onde se enfiou o tempo, não sei a velocidade com que passou, mas eu tenho uma miúda cada vez mais crescida como filha.

Já não chegam os dedos das mãos para lhe contar a idade, mas no meu colo há-de caber sempre por mais que faltem dedos para lhe seguir os anos.

Parabéns minha mais-que-tudo... hoje o meu coração ainda está mais cheio!

quarta-feira, maio 21, 2014

Certezas...


Nos meus momentos há sempre sol. Hoje trovejou, caiu chuva como ainda não tinha visto cair ainda este ano e cheguei encharcada ao trabalho, mas no meu momento, esteve sol. Um céu azul, animado por nuvens de algodão e um sol brilhante como que me a relembrar, que nunca vão deixar de estar comigo.

Já não há sol novamente, mas não faz mal. Eles continuam comigo.

E sabe bem.