quinta-feira, janeiro 25, 2007

De ontem...

tenho tanta coisa que gostaria de registar... ... como o (re)descobrir o quanto eu gosto de segurar um recém-nascido. Relembrar o que adoro neles. Aquela demora nos movimentos, a placidez, o sono profundo. O tamanho, a ausência de peso (por muito grandes que sejam). ... que há conversas que podem mudar as nossas vidas, e há pessoas que não percebem o poder de mudança que têm nas mãos. Que as palavras certas corrigem tudo, mas a falta delas corroem o pouco de bom que resta. ... como a emoção é sempre igual quando se vê um filho a fazer as primeiras tentativas de andar sem apoio (e consegue dar dois minúsculos passos sozinho). ... do como é bom a casa sossegada e nós dois enrolados num edredão no sofá. Tanta coisa e eu sem as palavras que gostaria de reler daqui a uns tempos.

8 comentários:

sonia disse...

E para mim é tão bom ler o teu blog...

Bjocas

Anónimo disse...

:-)
obg pela tua preocupação querida amiga. desculpa não ter respondido logo...

bjnhos nossos
(parabéns pelos 9 mesinhos! pensei nele!!)

Margarida Atheling disse...

Não te preocupes Sandra, que o que não está escrito com letras está escrito em sentimentos. E lê-se tão bem, mas tão bem... :)

Beijinhos!

barbarayu disse...

:)

muitos beijinhos!

Anónimo disse...

:-)

guga disse...

Tão bom! Não te dá logo vontade de ter outro?

A mim dá.

bjs Sandra

Monica disse...

Acho que por vezes não há mesmo palavras que consigam descrever justamente o que sentimos...
Beijocas

Rita disse...

Isso é que foi um dia em grande!
Beijos