segunda-feira, fevereiro 19, 2007

Raras...

foram as vezes, que me apeteceu tanto abraçar alguém como hoje. [e raras foram também as vezes, que cada abraço foi tão genuíno como os de hoje]

7 comentários:

Avozinha disse...

Bom, podes sempre começar por mim...

Monica disse...

Também querooo!

bekas disse...

quem me dera estar aí para te dar (e receber) um daqueles abraços
Beijinho muito grande

a mãe dos miúdos disse...

:)

(longo suspiro)

obrigada, amiga.

Amores Perfeitos disse...

e esses abraços devem ser muito bons e fazem muito bem à alma!!

Mamuska disse...

E esses abraços sabem tão bem :)
Beijoss

Lúcia disse...

Esses abraços aquecem o coração de tão bem que sabem.
Bjnhs