sexta-feira, abril 20, 2007

Haja imaginação...

Ela tem uma paixão por cavalos, como penso ser comum nos miúdos. Raramente vê algum, mas fala imenso neles. De há umas semanas para cá, começou a contar histórias sobre ter andado a cavalo. Eu ia buscá-la à escola e ela exemplificava-me, enquanto corria à minha frente, como tinha cavalgado durante o dia. Ontem chego à escola e a educadora diz-me que ela no dia anterior se tinha mostrado mais cansada e que se tinha justificado com o ter andado a cavalo no fim-de-semana. Dizia que lhe doíam as pernas e andava com as pernas meio abertas e tudo. Foi tão convicente que a educadora acreditou na história dela. Depois de rirmos coma história, quando a apanhamos ao pé de nós (de mim e da educadora) confronto-a com a referência a ter andado a cavalo no fim-de-semana: - Ó Joana, então tu andaste a cavalo no fim-de-semana? - Sim! - Sim?! - Sim, com a minha amiga Iliana - não faço a miníma ideia de onde é que surgiu este nome. - Liliana? - Nãaaoo! Iliana! - Eliana? - momento daaahh da mãe :p - Nãaaoo! I-li-ana! - Mas quem é a Iliana? - É a amiga que andou a cavalo comigo! Pelo menos coerência não lhe falta...

9 comentários:

Patrícia disse...

As crianças e a imaginação. A minha diz-me sempre que tem sete irmãos, diz o nome deles todos e quando lhe dá na cabeça, temos que põr pratos para todos na mesa. Ah, e ás vezes também diz umas dessas na escola ou nos transportes...Bjs

Bala disse...

:o)
Lá imaginação ela tem.....!!!

Sónia disse...

hehehe...tem uma imaginação fértil a Joaninha!!!

Beijocas :)

Margarida Atheling disse...

Bem...

Não andou a cavalo, mas não lhe faltou agitação. Ela bem correu e deitou-se e mexeu-se...

Iliana... não estou a ver...
"Elsa" ainda podia ser... ;)

E pronto, não andou a cavalo, mas esteve com uma amiga que promete que a trás para andar a cavalo!
E depois sim, vai andar mesmo cansada! :D

Bjs!

a mãe dos miúdos disse...

eu tinha a idade da Joana, mais coisa menos coisa, quando contei na escola onde andava que tinha um irmão mas, como a minha mãe me ia lá buscar e nunca tinham visto sequer a sombra de qualquer bebé, eu disse quenós eramos muito pobres e que por isso ele estava na casa da minha avó.

E não é que acreditaram???

Šaяa disse...

lol, muito boa :)

Essa foto tá muito fixe ;)

Sandra e Amaro disse...

A coerência é o mais importante!!! Lol

Beijoacs para vcs

Soph disse...

Eu... depois do que escreveste só tenho uma coisa nova para acrescentar!!!

Hoje de manhã, sentada na sua sala e eu na minha oiço "alguém" gritar por mim:

Ela:Sofia!!!! Sofia!!!
Eu: Sim!
Ela: Sabes que eu já tenho um cavalo na minha casa?
Eu: A sério!!! Que boa notícia!
Ela: Mas não é dos grandes... é dos póneis!

Uff!!!

;)

Marta disse...

Foto linda, história fantástica. Gostei da coerência, mesmo!