sexta-feira, abril 27, 2007

Às vezes,

quando falo com algumas pessoas, sinto-me muito pouco amiga do ambiente. Às vezes, quando falo com essas mesmas pessoas, acho que ser tão amigo do ambiente não é compatível com o meu lado práctico da vida. Às vezes, até acho que ser tão amigo do ambiente é talvez um pouco, digamos que, extremista demais para mim. Mas eu também não sou nada normal, quando depois de uma festa como a de ontem, pego nas várias sacas de lixo, que acabariam no lixo comum, e começo a separar freneticamente os plásticos, os papéis, os vidros (leia-se garrafas de cerveja vazias) e os ossos dos leitões e entrecosto assado (para dar aos cães) do resto do lixo. Perdi a conta aos sacos de vidro (leia-se garrafas de cerveja vazias), juntei duas sacas de plásticos, duas de papel. Acabei com apenas uma saca de lixo comum. Depois disto, agradeço a festa ter calhado a uma quarta, porque a recolha da reciclagem é à quinta*. Caso contrário, ficaria com a varanda da cozinha cheia de sacas de vidro (leia-se garrafas de cerveja vazias), de plásticos e papel. * Na minha zona, cada casa tem os seus cestos de reciclagem e este tipo de lixo é recolhido uma vez por semana à nossa porta.

14 comentários:

MC disse...

Acho que hoje fui a primeira. Ando sempre "às voltas" com a reciclagem, ando sempre "aos pontapés" a sacos cheios de plásticos e garrafas vazias. Ser amigo do ambiente dá trabalho :)

Carla disse...

Sorte recolherem à porta. Eu reciclo já há vários anos, mas tenho sempre o problema de andar atrás dos contentores de reciclável que estejam vazios, que os daqui de perto, por ter muitos prédios, estão sempre cheios, e pior, com sacos no chão!...
Mas temos de pensar nos pequenos, quando eles forem grandes, não é?!
Beijinhos,

Sandra e Amaro disse...

Resumindo, acabas mesmo por ser amiga do ambiente!!!

Beijocas

Tânia disse...

Aqui n há recolha dessas... :-(
É uma treta, porque torna a logística um stress, mas enfim...
Neste como noutros (todos) os assuntos, sou como tu: não gosto de ortodoxias a mais...

Monica disse...

Separar toca a todos lol
Mas é verdade, há pessoas que cansam com tanga conversa sobre o Ambiente... é claro que todos temos o dever de ajudar a melhorar, de fazer qualquer coisa por pouco que seja mas carmba, há limites e não é preciso cansar para as pessoas terem consciência.
Beijos

Mãe Frenética disse...

Nós tb temos recolhas e eu acho q seria mto eficaz se nós tivessemos a certeza q no fim não misturavam tudo outra vez, mas enfim...
(é o q me parece, mas posso estar enganada)

O bolo está giríssimo!!

Pat disse...

Olhas a sorte hammmmm...já na minha zona ....é ouvir as garrafas a cair no vidrão ás tantas da manhã...lol

Ana disse...

eu que trabalho em ambiente te digo: já era tão bom que as pessoas fossem assim de vez em quando...

xxx

A

Susie disse...

Parabéns (atrasados mas sinceros!) pelo primeiro aninho do Miguel!

E já agora Parabéns pelo trabalho em separar o lixo todo. O planeta agradece :)

CGM disse...

sandra, podes mandar-me uma fotografia dos centros de recolha para eu mandar um mail para a cãmara municipal cá do burgo?

Beijinho e obrigada

Carla

queromimos@gmail.com

Ana disse...

estas a trabalhar hoje?

xxx

A

Smas disse...

HUmm, mais uma vez acho que somos parecidas. Isto é algo que eu também faço!
Bjs

nelsonmateus disse...

ainda bem k nã bebi cerveja nenhuma ... :P

Soph disse...

É caso para dizer:

Bravo, ECO-COSTINHAS!!!!

;)