segunda-feira, maio 14, 2007

E depois há dias como os de hoje...

em que nada parece correr a nosso favor. Ao contrário de certos dias (ignorar o desfecho do post :p) desta vez o pai não está, não houve tempo para gelado na esplanada nem há jantar pronto a servir. Chegados a casa, começo logo a prever que a coisa não vai ser fácil. O Miguel, com o mimo habitual de bébé doente, não me sai do colo. A Joana quer ver os animados e comer iogurte. Ponho um tacho com água ao lume e preparo o banho para os dois. Ele só não se atira para dentro da banheira vestido porque não deixo. Ela quase não irrompe num pranto por não querer tomar banho, porque eu a distraio com outra coisa qualquer. Miúdo na água, miúda de fora. Miúdo de pé que não se quer sentar, miúda de fora a não querer entrar, tacho ao lume a borbulhar. Miúdo de pé a brincar, miúda de fora a protestar, mãe a deitar o arroz no tacho e a voltar. Cai o miúdo, chora o miúdo, aflige-se a miúda, desespera a mãe dos dois. O miúdo só quer colo, a miúda já foi à vida dela, e a mãe fica com um miúdo todo nu, a escorrer água, e que esperneia sempre que há nova tentativa de o voltar a pôr na banheira. Enrola-se o miúdo numa toalha e telefona-se ao pai a saber se demora. Demora. Ora bolas. Miúda a brincar, miúdo com pedrada de sono, tacho ao lume. Deita-se o miúdo na cama da mãe todo nu e enrolado numa toalha e espera-se que ele adormeça, ouve-se o som do frigorífico a abrir e a miúda já está a comer o iogurte proibido. O peso dos olhos, o corpo a ficar leve, a mãe a sair devagar de ao pé dele e ó mãe o que estás a fazer?!. Desperta o miúdo, desespera a mãe dele, e é posta a irmã fora do quarto. Volta a adormecer, o segundo iogurte já está no papo, corre a mãe a salvar o arroz que está prestes a torrar no tacho. O pai não chega, a mãe desiste. Prepara uma tigela de cereais e vem para o computador enquanto ao lume avança um estufado de pescada e relaxa. O estufado já está pronto, o miúdo ainda dorme, o pai que não chega, e a miúda que não quer comer. A mãe relaxa (porque já desistiu). Mas a miúda come [no sofá a ver o Noddy e pela mão da mãe, mas comeu e isso é que interessa], o miúdo continua a dormir, o pai já avisou que ainda vai demorar mais e a mãe já preparou as tupperware com o almoço do miúdo. Pelo menos ninguém acabou com caca nas mãos... só resta saber o estado em que está a cama :p

17 comentários:

Sandra e Amaro disse...

Será do dia??? O meu Pedrocas tb fez um tamanho berreiro que só visto,,, A tomar banho tb...
E a jantar tb só consigo com a ajuda do Noddy, mas como tu dizes e muito bem, o que interessa mesmo é o resultado final...

Beijocas

Tânia disse...

Aiii... Mas gostei do fim... O teu nirvana pessoal... Tb faço isso

Margarida Atheling disse...

Que maratona, Sandra!
Mas acabou bem e pronto! :))

Bjs!

1gota disse...

Inspira, expira, inspira, expira, inspira, expira... O dia está quase no fim. Ufffff!


:*

LP disse...

Safaste-te muito bem!

mãe H disse...

Como eu te compreendo, tb costumo ter dias asssim, mas deixa lá que amanhã é outro dia ;)
bjinhos
helia

Sónia disse...

Bolas....comecei a prever o meu futuro!!!:P

Beijinhos

nuvem cor de rosa disse...

:-)
essa azafama soa-me familiar!!!
fiquei cansada só de ler...

e conta lá como estava a cama.... :-)

bjnhos

mamã Xana disse...

Como eu te compreendo... conheço tão bem esses fins do dia!

Só mostra que somos SUPER (Mães, Mulheres, Donas de Casa, etc., etc.). :D

sil disse...

Ao ler este Post, revi o meu dia de ontem. Marido que chegou mais tarde. Crianças com banho para tomar, JP cheio de fome, Afonso com uma birra enorme...jantar por fazer, ainda por cima iam lá os meus pais jantar...

Puxa...

Bjos
Sil

Rita disse...

Pensava que era só por aqui que havia fins de tarde de loucos... mas parece que não!!!!

Eu quando começo a desesperar com as birras de fome e sono deles canto, canto muito aaaaaalto!!!

Enfim... cada maluco com a sua ideia...

Beijos

Bala disse...

Puxa, só de ler fiquei cansada!!!

Com um, a "coisa" até se leva bem. Mesmo que seja preciso pô-lo a dormir, para acabar algumas coisas. :o)

Bjs

rosinha_dos_limoes disse...

Onde é que eu já vi isto :op
Há dias levados da breca!
"Desistir" é mesmo por vezes o melhor remédio ...

Cláudia disse...

Realmente, o que interessa é o resultado final. O fim, neste caso, justifica os meios.
Espero que a cama esteja bem! lol

Monica disse...

LOL
Lembrei-me do outro post... LMAO

mamã vera disse...

Pois é, há dias impossiveis, o melhor mesmo é relaxar!!

Eu só tenho uma mas há dias q parece meia duzia!!

Beijoca

buggy disse...

a mim aconteceu-me ontem: miúda a virar um frasco de perfume por ela abaixo (como tinha acabado de jantar n podia tomar banho, por isso acabou por ter de ir dormir a tresandar :-S), miúdo eléctrico aos pinchos apesar de ter muito sono e marido a chegar tarde também!
ai esta vida.... :))))

beijinhos