segunda-feira, junho 18, 2007

A praia...

com a escola começa hoje.

Ontem de tarde já tinha tudo alinhadinho. O biquíni (com sutimamas como ela diz), o protector solar, a toalha, a roupa, as sandálias, a muda de roupa e cinco pares de cuecas para ficarem na escola, não vá eu esquecer-me de mandar durante a semana.

Só a toalha de praia mais pequena, comprada ontem de propósito, não secou a tempo de ser estreada hoje (mesmo que tenha perdido tempos infinitos a passar-lhe com o ferro em cima).

A chuva e a amigdalite conjuraram contra nós, mas não venceram. Ela está melhor e o tempo, mesmo não ajudando, dá para ir na mesma, nem que seja só para espairecer.

Dei por mim a deixá-la na escola como se de um dia normal se tratasse. Saí da escola tranquila e só chegada ao trabalho estranhei ter feito a viagem toda, embrenhada na minha leitura (de tal forma que até me esqueci de sair na paragem certa) sem nunca me ter fugido o pensamento para ela.

Quando confio, eu descanso. E ali, tudo me inspira confiança, desde a directora à cozinheira (que a minha filha teima em comparar comigo, no que diz respeito à coloração da sopa), a terminar na camioneta que vi chegar para os levar.

Tenho até uma certa inveja daquelas educadoras e auxiliares. Não por irem para a praia, mas por irem com um grupo de miúdos. Lembro-me dos meus tempos em que fazia colónias de férias. Lembro-me da responsabilidade que sentia, mas principalmente da animação que criava mas viagens. Os sorrisos dos miúdos, as brincadeiras. A moleza na volta e as canções que inventava só para os manter acordados. Lembro-me de conseguir aguentar 40 minutos seguidos enfiada das águas geladas da Costa da Caparica, porque tinha de ajudar no cordão de monitores os quatro turnos de banhos.

Lembro-me do menino, de oito anos, que viu o mar pela a primeira vez de mão dada comigo.

No primeiro dia de praia dela, encontro-me perdida nas minhas memórias e ansiosa por ouvi-la contar-me as dela. Uma por uma.

12 comentários:

dianamãe, rafael e afonso disse...

Eu confesso que as minhas primeiras vezes custam sempre um pouquinho, não por falta de confiança nas pessoas que tmam conta deles, mas sim por falta de confiança nas rasteiras da vida.
Cada vez mais sinto que tudo pode mudar de um momento para o outro.
Não faço disso um impeditivo para nada, mas eu penso nisso sim :)

Jinhos e boa praia :D

Mamã dos birrinhas disse...

Que bom que ela já está melhor...assim vai poder usufruir da praia na companhia dos coleguinhas!

Beijinhos

Eu Senhora Gaja disse...

Que lindinhaaaa, hoje a Rafa tv vai pela 1ª vez á praia com a escolinha.

Senti uma nostalgiaaa, adorava ir ás colonias e depois de crescida também fui durante 2 anos monitora de putos dos 6 ou 8 anos e AMEI a experiencia.

Também estou á espera da hora de a ir buscar para ouvir as suas história.

Jinhos

Vida a 4 disse...

A minha mais velha já teve a experiência da praia com a escola, nas duas últimas semanas. Apanhou bom tempo, mau tempo, chuva de tudo um pouco.
Gostou e as auxiliares também. É das poucas que não tem medo da água e das que melhor se portou.

Que tudo corra bem.

a mãe dos miúdos disse...

tal e qual como tu. quando confio, confio.

e, para além de uma fotografia linda, aposto que amanhã vais estar cheia de histórias para contar :D

Amores Perfeitos disse...

tb tu com este post me puseste com recordações...

bons tempos!!!


deixa lá ver o corte de cabelo...:DDD

Alecrim disse...

Nem sei explicar-te porquê, mas estas tuas memórias comoveram-me...

Cláudia disse...

Adorei este post! Escreves divinalmente e consegues transmitir-nos essa nostalgia que todas, por um motivo ou outro, sentimos dos bons velhos tempos...
Ri-me imenso com o sutimamas ;)
Tens mesmo uns filhos que são uma fofura :)
Beijocas.

Liana disse...

Ela gostou??

Beijos

mamã vera disse...

Ainda bem q ela melhorou pelo menos o suficiente p ir á praia!

E correu tudo bem?

O sutimamas... LIndo!!

Beijocas

Soph disse...

... ter lá estado... foi um prazer!!!

Mas que Princesa cautelosa!!!

Ehehehehe

Ela: Ó S. eu não posso porque estou doente!

Ela: Ó S. mas não faz mal!

Lindo, lindo, lindo!!!

Eu própria não teria resistido às pocinhas!!!!

;)

Monica disse...

Lembro-me tão bem desses tempos das colónias de férias..
Pena que o tempo não ande bom para a praia :(
Beijocas