quinta-feira, setembro 13, 2007

A Crónica do Pássaro de Corda...

Não deixa de ser com um bocadinho de alívio que terminei a leitura deste livro de Haruki Murakami. É grande, logo pesado (e aqui o tamanho importa porque leio sobretudo no autocarro), com muitos avanços e recuos no tempo, e, realidades que se escapam a qualquer ordem cronológica possível. Depois, muito do que lá está descrito, são coisas que só de imaginar, me arrepiam e me revolvem o estômago. Houve passagens até, que não conseguir ler até ao fim, por pura incapacidade física. Tenho uma imaginação demasiado fértil para certos temas e esta capacidade de conseguir sentir na própria pele determinadas descrições não ajuda nada. Mas aquela genialidade do autor para nos fazer viver (e acreditar) em realidades impossíveis a cada página que se avança. Aquela capacidade que ele tem de nos prender a cada palavra. Aquela forma de nos ludibriar e surpreender, é qualquer coisa que me faz dar como bem empregue cada minuto passado a lê-lo. No final do livro, suspirei de alívio por ter acabado de o ler, sim é verdade. Mas no minuto seguinte, já pensava qual seria o próximo livro dele que me apetecia comprar. E garanto-vos, que este é um dos livros que nunca mais se esquecem... Genial!

5 comentários:

Baguigolas disse...

Vou registar.
Ando a ler um (seleccionando os outros dois, mas isso n interessa nada ao facto de que leio mais que um ao mesmo tempo)sobre a guerra instalada na Serra leoa, um testeminho real de uma criança...há coisas que salto, não leio, há vezes que choro, e outras ainda que falo com Deus... muita imaginação é isso mesmo.

Silvia disse...

estou a ler o kafka à beira mar e estou a adorar...quase no fim...aconselho se ainda n leste...tb é dele

inesn disse...

guarda aí para mim, se faz favor ;p

(nunca li nada desse autor e estou a ficar curiosa!)

Fitinha Azul disse...

fica registado:)

Mãe da Rita disse...

E o do Carneiro, fala de quê? Acabei um de que gostei imenso mas não tive ainda tempo de falar dele, a ver se é neste fds... Gostei da blusa, qual é o problema de mudar de estilo? Andei a comprar calças agora (restos de saldos) para não ficar sem umas em plena sala de aula...É q estão mesmo a dar as últimas, algumas calças velhas...Vamos lá a ver as febres, então n era a vacina?