quinta-feira, novembro 15, 2007

De ano para ano...

cada vez tenho menos espírito Natalício. Estamos a meio de Novembro e não tenho nem disponibilidade, nem vontade, para tratar das prendas de Natal. As dos miúdos não sei se já estão ou não compradas (uma longa odisseia a relatar quando houver tempo), as dos adultos... Para os filhos não tenho nem sequer uma pista do que vou comprar. Para ele*, sinto-me perdida num autêntico deserto de ideias. No entanto, pela primeira vez, sei dizer muito bem aquilo que gostava de receber. * o cara-metade :p

15 comentários:

buggy disse...

eu sei sempre muito bem o que quero receber... o problema é que são tudo gadgets para lá de caros! LOL!

quanto aos filhos, o costume: brinquedos, livros, filmes, jogos.
(se bem que este ano vamos dar um mini-animal de estimação à mais velha.. shhhhh! é surpresa! :-P)

e adultos... recomendo uma máquina de massagem aos pés - fez um sucesso fabuloso como prenda de anos da minha mãe!!! :-D

Ana disse...

o meu vai levar uma pista de carros da imaginarium que se compra por partes/modulos que se podem ir adicionando e aumentando.

xxx

A

Mar disse...

Olha, no ano passado, a prenda que o P. mais gostou foi uma guitarra dos chineses que custou 10 euros (e que, como é óbvio, não fui eu que comprei). Também adorou uma pista com um comboio que transporta uns bichos, da Chicco (adorou ele e o pai!).

Quando fez dois anos demos-lhe um conjunto de instrumentos musicais do imaginarium (reco-reco, castanholas, xilofone) que é, ainda hoje, dos brinquedos preferidos.

Fora isso, os eternos legos.
Não sei que mais sugerir...

(e estou como tu, quanto ao Natal).

Sandra e Amaro disse...

E qual é a prenda que queres???

Eu tb não tenho espirito natalicio quase nenhum, embora já tenha feita a arvore, mas quanto ao resto estou como tu...

Jocas

Márcia Carvalho disse...

acho que o problema não é a falta de espírito mas a antecedência com que o comércio começam a fazer a festa!! Eu ão sinto espírito natalicio porque simplesmente ainda é cedo demais...

Sónia disse...

pois eu este ano ando ansiosa por fazer a árvore ´só por causa da Inês, ela delira com a decoração natalícia que vemos nas ruas...

quanto às prendas nem sei como vou fazer...a Mariana está a dias de vir dizer olá e sinceramente não consigo pensar em mais nada.

Beijos

Mãe Gabi disse...

estamos na mesma.... com uma (des)vantagem...exclui os adultos...

Alda disse...

Ainda que este meu Natal vá ser muito mais pobre e triste a nível familiar, eu não consigo perder o espírito Natalício. Adoro a festa, o reencontro da família, o amor que quase se consegue ver e tocar entre as nossas quatro paredes. :)

Mas entendo-te.

Mãe Frenética disse...

Eu ja comecei a fazer compras, isto pq sei q vou estar com uma barriga depois... :P

Se tiveres ideias para a cara metade agradeço porfundamente....

Amores Perfeitos disse...

eu p o cara metade já comprei uma e ainda falta outra q deve ser uma máq de barbear,precisade roupa mas ele q espere p os saldos:P

p os putos já ta!!!

p ela:um castelo das princesas e legos e p ele um carro grande dos bombeiros(fisher price) um piano c microfone da chicco e um pocoyo( a pancada dele)

eu tb sei mto bem o q gostava de ter este ano,lol

shu disse...

eu estou contigo! Cada ano me apetece menos o Natal.

graças disse...

Eu estou desejosa de ver como é que ele reage ao natal este ano, por isso sinto crescer outra vez aquela ansiedade para que o natal chegue...

Quanto a presentes não sei, não quero saber e ...

sm disse...

Ai, moça! Estou como tu (não naquilo que quero receber), mas pela primeira vez em muitos anos, senão desde sempre que me apetece passar um Natal "sozinha", o espírito natalício está à espera do frio, será?!

***

Filipa disse...

Gosto muito do Natal, das luzes da música todo esse espirito. Gosto também porque agora que tenho familia longe é sempre uma época especial porque nos reunimos.
As compras é que me deixam doida!!!

Mãe da Rita disse...

Eu gosto sempre de fazer compras mas aborrece-me ter pouco tempo e andar sem ideias. Para os miúdos é fácil, para os crescidos uma seca! Acho que começam com os enfeites muito cedo e com este tempo ainda parece mais cedo. Mas o Natal é sempre um aborrecimento: em casa de quem? Geralmente há chatices por causa disto e detesto, tira a piada toda!! A minha mãe então não ajuda com os seus etrnos «detesto o Natal» mas depoius quer todos lá em casa e não quer vir para a nossa... Desculpa lá o testamento mas isto anda a moer-me... Bjs!