quarta-feira, março 26, 2008

Os miúdos...

já estão deitados. Nas notícias anunciam a descida de 1% do IVA. Grande coisa. O dos iogurtes e o leite de soja baixou para 5% e eu continua a pagar a mesmíssima quantia que pagava quando era de 12%. O preço do barril de crude também desceu e não notei nada quando abasteci o bicho aqui de casa. Parece que o IVA dos ginásios também baixou mas esse não notei porque tempo para ginásio é coisa que não tenho (e talvez vontade mas essa é outra conversa). O que é estranho, é que haja quem lá ande e também não tenha notado nada. Acenam-nos com 1% e pasmem-se, há eleições para o ano que vem. 1%. Devia estar feliz, não era?!

9 comentários:

Célia disse...

E não ficas porquÊ??? Olha a viagem às Maldivas... e a mansão que vais comprar?
Realmente.....
Beijos

Mamã Etc e Tal disse...

É. Parece que o consumidor é o único que só perde com as subidas de preços/impostos, e o único que não beneficia da descida dos mesmos... :S

Bjs

Miragem disse...

Olha... eu pensei que era uma anedota... :P

carla disse...

Eu fiquei irritadissima.....

rosinha_dos_limoes disse...

A mim só me deixa triste porque é isso mesmo que é ... campanha! :o(

Ana disse...

Parece piada né?

Eu nem sei o que dizer....só me apetece rir.....(que sempre é melhor que chorar!)

Sabias que os espaços como o meu e as explicações são taxadas a 21%? É porque não são consideradas 'de interesse público'.....????

Beijinhos

Ana B

Nostálgica disse...

Por acaso no meu ginásio notou-se, e bastante.:)
um bjnho.

sorrisos da minha alma disse...

Querem tapar-nos o sol com a peneira!

Lúcia disse...

É verdade que o oportunismo está intrínseco em cada um de nós e a primeira coisa em que se pensa é : "temos aqui uma oportunidade de ganhar mais dinheiro" . Não vou criticar porque se calhar se fosse empresária, se tivesse de andar sempre a ginasticar para conseguir pagar impostos, oferecer postos de trabalho estáveis e ainda, como é óbvio, ter lucro ( porque esse é o objectivo básico de um negócio ), faria/pensaria o mesmo. Acho que é um primeiro passo para descomprimir um bocadinho o cinto do consumidor e não vou criticá-lo. Claro que também do governo há oportunismo em lançar este beneficio em vésperas ano eleitoral ( e não tarda começam as campanhas ), mas antes assim e que se beneficie com isso mesmo. Poderemos não notar caso os empresários não baixem os preços na razão da baixa do IVA, mas o primeiro passo está dado, depois há que controlar se efectivamente isso aconteceu ou não, porque também o governo não beneficará em nada com isso mesmo pois traduzir-se-à num aumento da inflação. Como foi prometido e dito que iam controlar a baixa do Iva nos ginásios, vamos esperar que façam o mesmo agora ou que pelo menos anunciem que vão fazer e assim sempre se dissuade os mais medrosos.
Acho que é mesmo uma questão cultural: Se se faz alguma coisa, critica-se porque é pouco ou é oportunismo, se não se faz critica-se que se deveria fazer. Não quero com isto defender o governo, quero sim salientar que devemos evitar esta mesquinhez de pensamento e olhar para as oportunidades, em vez de nos lamentar-mos e ficarmos nós mesmos quietinhos a um canto, à espera que alguém mude o mundo por nós.
Beijinhos :)