sexta-feira, setembro 26, 2008

Eu vinha aqui...

daqui a nada, dizer umas baboseiras sobre o facto da minha filha não se ter espantado por eu ir voltar a andar na "escola", mas apenas pelo facto de ser de noite. Já não nos vens buscar mamã? Ia escrever que tenho um friozinho na barriga porque hoje começo mais um curso de fotografia. Desta vez, mais a sério, durante muito mais tempo e com um grau de exigência muito superior. Ia escrever que amanhã, é o primeiro dia do que espero vir a ser o resto da minha vida profissional, mesmo que não o seja a 100% durante ainda muito tempo. [e que isso me deixa num misto de ansiedade e satisfação pessoal, ou seja, um friozinho na barriga somado de um belo nó na garganta] Ia escrever isto num tom imponente, mas... antes que conseguisse vir aqui escrevinhar tudo, a doce S. telefonou-me a dizer que ele está cheio de febre. Que nem o reconhece de tão queixoso que está. E eu, parva, que ontem enquanto o convencia a não fugir da cabeleireira e justificava a falta de cooperação com um cansaço dele fora de normal, sentia que algo com ele não estava bem e calei esta impressão com o "lá estás tu" que o pai replicou à minha suposição. Que hoje de manhã lhe vi a febre que o termómetro não confirmou naqueles olhinhos, mas, parva parva parva, lá o vesti e levei à escola porque, até agora, instinto de mãe não justifica faltas ao serviço, e lá vim despreocupada porque ele até nem chorou nem nada. E agora, o friozinho na barriga foi substituído por uma terrível sensação de culpa regada com um fiozinho de impotência por não poder estar com ele hoje, e, por me saber indisponível para ele amanhã. Bolas.

17 comentários:

mamã Diana disse...

Ui... ser mãe é lixado... as melhoras para o Miguel.

Beijinhos.

Monica disse...

'tadico :(
Aconteceu-me com o Dé, esta semana: numa manhã estava super birrento (ainda mais que o costume) e eu dizia ao Pai "ele não está normal" e o Pai dizia "lá estás tu!" :p
Pois... está "só" com 2 otites.
Beijocas e rápidas melhoras

buggy disse...

bem, o meu andou muito birrento a semana toda... o que será que aí vem??? :-S

adiante... ser mãe e profissional ao mesmo tempo, é tramado. não se pode ser 100% as duas coisas ao mesmo tempo... umas vezes é 50%-50%, outras vezes pende mais para o lado deles, outras vezes pende mais para o nosso lado... assim tem de ser a vida.

e podes não estar com ele mas ele há-de receber mimo na mesma, o que, sendo fraco consolo, sempre alivia um bocadinho o peso...

mas acima de tudo: não desistas. também é por eles que mudas de vida: uma mãe mais feliz, também os fará mais felizes a eles. ;-)

força.

beijinhos

buggy disse...

ah e as melhoras para o Miguel, claro :)

Mother_24 disse...

E depois dizem "ah e tal as mulheres não fazem nada, cuidar dos filhos e trabalhar ao mesmo tempo é canja, e só não ganhas mais porque não tiras um curso" mas vai-se na volta quando se quer fazer por nós, cai-nos tudo em cima, e ficamos naquela, bolas pá!!

ai gaja, oxalá ele fique melhor amanhã, mas se não, o responsável do "lá estás tu" que se amanhe!!

jocas

rotten_apple disse...

Vá, tem calma! Ele vai ficar curado num instante. :)
Boa sorte para esta nova jornada e que consigas mais realização profissional, querida.

Beijo grande.

Mãe da malta disse...

Um grande, grande beijinho.

Amores Perfeitos disse...

antes de tudo as melhoras do Miguel e que não passe de um simples febre! as febres passageiras mais conhecidas por viroses.

Qt ao teu novo curso, acho mto bem e se te sentes realizada então tas no caminho certo.Jeito já tu tens rapariga e assim ficarás uma pro e quando eu me casar eu contrato te como fotografa:P

rosinha_dos_limoes disse...

Ui que timming :o(

É só um teste da vida ... e tu vais passar com destinção ... não é fácil, mas é por uma muito boa causa.
O pai também sabe dar colinho (mas eu percebo :op)

As melhoras do Miguel e parabéns e força para o primeiro dia do teu "salto"! ;o)

Maria disse...

Certamente que ele irá estar bem acompanhado..:) Não fiques com esse "peso".

um bjnho.

Sara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SaraA disse...

Entendo-te muito bem... e já me aconteceu igual. Custa muito, mas eles tb têm o pai e ao pai tb faz bem viver esses momentos de doença deles e lhes dar mimo extra sem a mãe por perto. O tempo passa rápido, para eles e para nós e vais ver que daqui a nada realizaste os teus sonhos e tens outra vez disponibilidade para lhes dar mais atenção. E tenho a certeza que os vais compensando aos fins de semana e tal... beijos grandes e muita força.

sorrisos da minha alma disse...

Coração de mãe nunca se engana.
Sandra fico a torcer para que Miguel arrebite e melhore rápido. Que tudo te corra bem este fim de semana.Torço mt por ti.
Que seja um começo em grande.
Bjs.

Costinhas disse...

Obrigada a todas pela força.

Ele está naquela fase que nem é nem deixa de ser... vamos lá ver no que dá. A febre reage à medicação por isso menos mal. :)

Belita disse...

As melhoras para o Miguel e boa sorte para ti!

Bala disse...

Sabes o que eu mais gosto?!?!!?
Do "lá 'tás tu!"...Eles aprendem todos pela mesmas cartilha! :o)

Bolas...o feeling de mãe, devia ser justificação suficiente.

Bjinhos, e as melhoras dele

Mãe Frenética disse...

Ser mãe não é facil.
Queremos estar em todos os lados ao mesmo tempo...
Da a sensação q se tapamos os pes, descobrimos os braços e vice-versa...