segunda-feira, janeiro 05, 2009

Reciclagem...

começou pelos separação básica há mais anos do que me consigo lembrar. Quando casámos e viemos para aqui, a tarefa foi facilitada pela recolha diferenciada casa a casa que aqui fazem. Depois tornei-me na chata que se vai metendo com os amigos que não separam nada - juro que me faz mesmo confusão. Depois a separação além de ocupar a varanda - que tem os cestos da reciclagem - começou a ocupar espaço dentro de casa. Primeiro as tampas para as campanhas disto e daquilo, depois as pilhas, e finalmente, as rolhas de cortiça. Ainda há espaço para os jornais que ainda limpam janelas antes de irem para a reciclagem, para os panos de limpeza que outrora foram t-shirts, e para os óleos alimentares. Só nos falta a separação dos restos de comida, que aqui na zona ainda não se faz.

10 comentários:

Tita disse...

E a cortiça vai para onde? Dessa não faço.
Por cá os restos vão mesmo para o cão. A ultima aquisição que veio da junta de freguesia/escola foi o ecooleo para o óleo que usamos em casa, mesmo sendo pouco já tem o seu destino depois de usado.
Bóra lá reciclar!

Rosa disse...

É um bom conselho para início de ano! :)
Beijinho.

Blue Days disse...

Cestos?? Recolha diferenciada casa a casa?? Hum... Aposto que moras no Concelho de LOures, certo? Hehhehe, é que eu tambem tenho disso. Vai na volta ainda vamos descobrir que moramos ao lado uma da outra.

Costinhas disse...

Olha a cortiça ainda não sei, mas quando começou a campanha para separar as rolhas comecei a fazê-lo. Quando encher o primeiro garrafão logo trato de me informar melhor.

Rosa, espero que sim. :)

Blue, felizmente Loures não é o único sítio onde fazem este tipo de recolha. :)

Liana disse...

Também somos fanáticos pela separação!

Beijo

mim disse...

Cá em casa é tudo para o mm balde.
Não há ecopontos por perto nem recolha casa a casa...
Há aqui em frente da loja um papelão, um vidrão e um molok, mas desde que vi o camião da Câmara despejar tudo no mesmo contentor, desisti de querer fazer separação do lixo.

mamã Diana disse...

Confesso que reciclo pouco e não é por falta de ecopontos aqui ao pé de casa. É preguiça... E ainda tenho que arranjar um bom 'separador de lixos'. Ah, minto. As tampas vão para um saquinho que depois irão ser entregues na creche do Francisco e os restos de comida vão para o decompostor (?) que tenho no quintal, assim como as ervas e flores velhas. Reprovava, na certa.

rosinha_dos_limoes disse...

Lá em casa não se faz recolha de oleo, porque até há poucos dias não sabia para onde o enviar ... já vi num sitio qualquer mas agora nem me lembro LOL, e também usamos muito raramente oleo. Não se faz de rolhas de cortiça porque abre-se uma garrafa com rolha de cortiça aí de 3 em 3 meses LOL.
E também não temos sepraração dos restos de comida infelizmente (nem uns cãezinhos que comam alguns restos de arroz e carne hihihi e a gata é muito fina! mas as porquinhas comem casca de cenoura, de courgete, pontas de outros legumes .. quando não comem o legume inteiro claro).
De resto também fazemos isso tudo e já faz tão parte da rotina que é o mesmo que por os talheres na mesa para almoçar!
Temos recolha selectiva no predio, mas é a mesma entrada só que em dias separados, e como tenho vizinhos pouco educados que se estão a lixar para o que lá põem e em que dias (acaba por misturar tudo isto quando não entope), prefiro levar o lixo no carro quando vou por exemplo a casa dos meus pais e por nos respectivos caixotes que há à porta de casa deles.
Pode até não funcionar mas eu sinto-me bem a fazer isto e não me custa nada, é um habito.

rosinha_dos_limoes disse...

ah ... gostei muito dos teus recepientes para as coisas pequenas (tenho usado sacos de plástico e andam sempre aos trambolhões na dispensa) ... para o resto tenho as sapateiras de plástico de parede da IKEA, ocupam muito pouco espaço e apesar de não serem grandes ainda levam alguma coisa.

A Rainha disse...

As rolhas podes depositar no Continente de Telheiras!

Lá dentro, mesmo na entrada do Hiper há uma caixa para depositar rolhas!

Bjs