terça-feira, fevereiro 17, 2009

E depois de...

tantos devaneios, leio A morte à porta de casa de José Saramago, e perco a vontade de brincar. Será mesmo que o nosso mundo não sabe mais do que isto? Será que o nosso futuro não vai ser mesmo melhor do que isto?

12 comentários:

mãe disse...

Hum.
Já me estragaste o resto da tarde...
Será que algum dia quem manda irá perceber que o mundo é só um, e que as fronteiras são a coisa mais abstrata e artificial e injusta e estúpida e que se fartam de mudar ao longo da história e que não faz sentido desenhar uma linha na areia a separar-nos de seja quem for, que o mar acabará por a apagar.
Se pelo menos no tempo dos nossos filhos o mundo não fosse assim...

Rosa disse...

Tens que mudar de leituras, é o que é. Não há c* que aguente Saramago.

Rosa disse...

[pus um asterisco para não "poluir" o teu blog! :)]

mim disse...

não conheço o livro..... neste momento as minhas leituras são só de livros científicos :-( tenho saudades de leituras dessas (ou se calhar dessas não. não tou numa de pensar muito em problemas planetários e existenciais...) teria que ser qq coisa tipo sei lá bem o quê :-) tipo cheers aquele bar em versão livro (foi o melhor que me lembrei)

Bárbara - Sol e Lua disse...

Não li mas vou ler sim............mas depois pensarei o memso que tu? nao mudará o mundo para melhor?

Acho que não....

Eva Lima disse...

E nós queixamo-nos permanentemente... temos que relativizar.

buggy disse...

em busca de uma vida melhor, de um sonho e o que encontram é a morte, porque as portas se fecham e o único caminho que lhes resta é traiçoeiro... é realmente muito muito triste (ainda? até quando?) este mundo em que vivemos...

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, eu não li o livro mas, se queres que te diga, fiquei sem vontade de o ler. Há que levar a vida com um sorriso, relativizar as coisas e ser positivo, caso contrário estamos tramados...
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

rosinha_dos_limoes disse...

Eu desejo cada vez com mais força de que isto um dia mude, tenho de acreditar que vai mudar!

Mother_24 disse...

Pá mas quem te manda andar a ler jose saramago pá... tu queres ter uma depressão?

jocas

Costinhas disse...

rosa, não fazia mal :)

mas sabem, acho que o problema não está em ler ou deixar de ler Saramago (e "mim" e "sofia..." eu refiro-me a um post dele e não a um livro). O problema está na realidade do mundo que temos e que muitas vezes não queremos ver.

Quem diz estes emigrantes que arriscam a vida em busca de um futuro melhor, diz quem passa fome no nosso próprio país, na nossa cidade, no nosso bairro e que também ignoramos.

Eu não me sinto bem em virar as costas, mas também não sei como fazer mais. E estou a ser muito sincera aqui.

buggy disse...

eu sinto o mesmo que tu... virar as costas não é aceitável, mas que fazer?...