quinta-feira, junho 18, 2009

Nunca...

percebi bem este conceito de finalistas aplicado às crianças. Mas pronto, optei por encarar isso como mais um pretexto de fazer uma festa e a coisa fica por aí. Este ano tenho uma finalista do pré-escolar em casa. Isso significa que para a semana, vão ter direito a uma viagem surpresa de comboio ao Portugal dos Pequenitos e uma festa na escola com os pais. Agora que isso me toca, nem consigo bem explicar o que é que isso significa para mim. Por um lado, acho que é tudo normalíssimo e que é ridículo fazer disto algo mais do que é. Por outro, sinto uma tristeza enorme por ela ter de deixar aquele espaço e de estarem prestes a acabar os dias sem "obrigações". E por outro lado ainda, sinto-me em ânsias de antecipação pelo início de mais uma etapa e desejosa pela ida em busca da mochila preferida e dessas tralhas todas da praxe. Bicho complicado este que sou.

13 comentários:

seastar* disse...

Partilho de todos os teus sentimentos.
A mim o que mais me espantou foi a viagem de finalistas... Eu que so tive a minha no final do secundário!
Tb estou super entusiasmada com a festa de final de ano, e com o diploma, e tal... acho que não é nada levado a sério, é só uma brincadeira.É só mais um pretexto pra eu derramar umas lagrimas.
E sim, por um lado ando com pena dele deixar aquela escola, mas por outro estou super entusiasmada com a novidade, ele nem ve a hora de ir para a escola "dos grandes" .. e confesso que isso me descansa muito!
Bjs

Graça disse...

Deve mesmo ser um misto de muitas emoções!!!

**********

Tânia disse...

A parte emotiva acho q é perfeitamente normal... ou então somos as 2 tolinhas, porque eu ando na mesma, com a perspectiva da mudança de escola...

Isto não implica que não ache ridículo esta coisa de "finalistas" aplicável nos últimos anos a tudo quando é grau de ensino. Enfim, o conceito generalizou-se, mas acho-o um pouco tonto...

Tita disse...

Também achei estranho quando foi Duda, mas depois quando dei conta já estava embrulhada em emoções e acabei por fazer-lhe a capa, a cartola e a pasta.
Estas modernices dão cabo de nós pais! Agora até no 9º e 12º ano fazem baile de finalistas com direito a cabeleireiro, vestido, jantar e discoteca! Vai ser bonito vai!

Mother_24 disse...

Quando me falaram da festa de finalistas na PRE-ESCOLA eu fiquei, QUÉ??!!
então eu só no 12º é que se falava nisso e agora na pré-escola já há disso???!!! juro que não percebo...

talvez o "enfânce" da viagem n seja o mesmo que a nossa no 12º mas qué-se-dizer???!!! já?

bom, seja como for, as coisas para ela estão a começar a aquecer, daqui nada começam os testes e obrigações e estudo, e é sempre uma fase nova para todos lá de casa!

custa um pouco é impossivel n se ficar nostálgica, mas cê lá vie

e ela vai conseguir :D

jocas

Cristina disse...

Lá na escola da Leonor, os finalistas vão passar uma noite a Óbidos. LOL Começam bem cedo.
Sinto muito essa dualidade...

mamã da princesa disse...

O tempo passa mesmo rápido...
Aí está mais um marco... uma viragem...
Mas é tão bom vê-los crescer... saudáveis... e felizes!
Até eu fico emocionada, nem quero pensar quando for comigo!!!

Beijinhos e boa festa (de finalistas!)

Gi disse...

lol para a tua visão, mas concordo com ela ;)

rosinha_dos_limoes disse...

Pois, são muitas emoções ao mesmo tempo uma pessoa nem sabe para que lado se virar LOL mas é bom, é tão bom passar por tudo :o)

Soph disse...

... só quem os acompanha no "final" de uma etapa percebe... a vontade, a necessidade e o gosto... de fazer perdurar todos os momentos, de os ver felizes até ao fim, a vontade de os querer surpreender sempre... até ao último minuto.

Cada nível de ensino é uma etapa - e em cada etapa há que finalizar em festa!

Só o que eu acho piroso... é "mascarar" os miúdos com "roupas de universitários" e fazer "fitas" para todos assinarem... - cada "etapa a seu tempo" :)

Seja o que for... o importante é a FELICIDADE DELES!!!

... e, acreditem... que estas festas e passeio... lhes enchem o coração!!!!

Sophie disse...

Igual aqui.

O entusiasmo, a angústia, tudo.

Belita disse...

Eu por acaso e cada vez que se aproxima mais o momento de ele deixar o pré-escolar, sim, FICO DOENTE!
Por tudo e por nada, porque lá se vão os dias de brincadeira constante, chegam as tarefas, os cadernos, os livros e isso assusta-me, afinal de contas ele é o meu bebé!

Um beijinho para vocês

Tânia disse...

Ainda há dias disse precisamente isso a alguém com quem falava disto das festas de finalistas... Não podia concordar mais...