sexta-feira, outubro 09, 2009

Da escola...

Eu queria vir cá dizer que já estão a aprender a última vogal (o "e") e que a miúda já se destacou por ser conversadora (porque fala e fala e fala), cabeça de vento (porque se esquece de tudo e mais alguma coisa) e perfeccionista (não desiste enquanto aquilo que faz não fica bem para ela e acaba por ser sempre das últimas a acabar por causa disso) - se alguém me reconhecer nesta descrição está completamente enganado. Completamente! Queria vir dizer que não faço ideia do que já deu nas restantes disciplinas porque ela não conta - como só tem trazido trabalhos de casa de língua portuguesa nem por aí consigo controlar - e que quando lhe pergunto diz apenas que era muito fácil. Que muitos dos lápis compridos que lhe comprei já estão afiados até meio e que dos 24 já só existem uns 16. Que vou ter reunião com a professora para a semana para saber melhor como é que ela está a adaptar-se e a evoluir. Que a miúda já entra sozinha na escola e vai para o pavilhão, onde tem as suas aulas, bem direita e orgulhosa desse feito (e que o mais novo decidiu fazer o mesmo e começou a despedir-se de nós no início do corredor e lá vai ele direito e orgulhoso entrar na sala sozinho). Que gosta de fazer os trabalhos que tem para fazer bem feitos mas que não se pela por fazer trabalhos a mais e que por isso o seu caderno de escrita livre continua praticamente vazio, para pouco contentamento da professora. Queria pois. Mas fiquei em choque ao receber o "calendário das provas de avaliação de conhecimentos" e descobrir que a miúda já tem seis testes (três para a semana e outros três no final do próximo mês) para fazer. Ela está na boa. Nem sequer liga nenhuma a esse facto. Antes assim.

12 comentários:

Mãe (q.b.) disse...

Bolassss isso é que é meterem já os miudos a marrar, vá lá que eles ainda levam na boa :D

Ela vai ser daquelas que ainda vai ter uma caligrafia espectacular :D
tal é a dedicação :p

jocas

Tita disse...

LOllll tenho cópia lá em casa, faladora e distraída! Com os lápis tal e qual, é uma festa afia-los hihihi mas já melhorou! Essa também para lá caminha. :)
Bjs

barbarayu disse...

Ui, que eu estou a reconhecer alguém cá em casa tal-e-qual! :D
Ontem ficou no intervalo a acabar as fichas porque esteve a aula toda a combinar promenores da sua festa de anos com os colegas :p

beijinhos!

Mãezite disse...

Nós já vamos na segunda caixa de lápis de 24, terceiro afia, quarto lápis de carvão, segundo estojo e terceira borracha.

Costinhas disse...

lol mãezite! :p

Ana Filipa disse...

6 testes?! Já?! No inicio do ano da 1ª classe?? (ou 1º ano.... como é que se diz agora?).

Lembro-me de ter avaliações, mas nada que se compare!

Bolas!

Sophie disse...

:))

Também tenho de escrever o post síntese das primeiras semanas de primária!

Beijinhos!!!

Soph disse...

Yeahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!

Dá-lhe Miúda!!!!!!!! :)

_Bekas disse...

Grande Joana!
Não te preocupes com os testes, os miúdos não stressam. A prof da minha optou por nunca os avisar com antecedência, nem a eles, nem aos pais, para evitar ansiedades desnecessárias. Como eu sou, já sei que se soubesse que ia ter um teste a deixaria nervosa só com as minhas recomendações. Assim foi muito melhor. E este ano será igual.
A conversa é que vai ser mais dificil de controlar, a Dani era igual tagarelice a toda a hora, agora já não. A Joana vai entrar no ritmo, vais ver :)
Beijo grande

Rita (a minha pequena lua) disse...

6 testes????? bem.... na minha altura eram bem menos e não me avisavam. acho que era bem melhor... mas 6??????????? no 1º ano??????? já no inicio???? estou em choque!

rosinha_dos_limoes disse...

A minha também teve testes mas a professora não os chamava por esse nome para não haver stresses, nem os avisava ... a ideia nem era ser um teste à séria, era para se irem habituando à ideia. O ano passado (2º) passaram a ser avisados na semana anterior e os trabalhos de casa nos dias antes eram sobre a matéria do teste ... este ano penso que será mais a sério para se prepararem para o ano que vem em que no fim até provas de aferição terão ... devagarinho chegam lá ... ás vezes até acho que depressa demais mesmo assim :op

Cristina disse...

Nós por enquanto não temos testes mas logo ao 3º dia de escola vários os pais foram informados que os filhos precisavam de apoio e alguns até chamados para informar que o miúdo se apresentava muito preguiçoso na sala de aula! Eu nem queria acreditar quando começamos à conversa umas com as outras! Até disse a um, ao receber um desenho, que se ela dava o melhor como professora, o miúdo tb deveria dar sempre o seu melhor! E perguntou-lhe mm se aquele era o melhor que conseguia...Mas está tudo doido?! No 3º dia?
Agora ando numa maratona, como já percebeste. Será necessário 'esticar tanto a corda' desde tão novos?