sexta-feira, dezembro 11, 2009

Dia 8 de Dezembro...


Este dia sempre foi muito importante para a minha mãe. Todos os anos ela repetia que este era o verdadeiro Dia da Mãe e eu, todos os anos, não dava importância a esse facto por aí além. Agora sei que a podia ter deixado muito feliz se ao menos num destes dias lhe tivesse desejado um bom Dia da Mãe.

Mas para mim, habituada a ver o Dia da Mãe sempre em Maio, o dia só era verdadeiramente especial porque era o dia de escolhermos a árvore de Natal.

Aqui mantivemos a mesma tradição, ou pelo menos tentamos manter sempre que possível. Já não há a magia de irmos escolher o pinheiro, mas há espirros partilhados pelo pó acumulado nos ramos do pinheiro artificial. Agora também já não há quem queira comer bolas de vidro mas há dois ajudantes ansiosos por amonto... decorar com bolas os ramos da árvore que nos acompanha há já dez anos.

Mas este ano o Natal também está a mexer comigo de outra forma. Faz dez anos que passámos o primeiro Natal nesta casa, com uma puxada de luz da casa do vizinho. Faz dez anos, que passei pela última vez o Natal com a minha mãe e o meu irmão. Faz dez anos em que tivemos o único Natal com as duas famílias juntas em torno de uma lareira incansável e do bacalhau com todos.

Faz dez anos, e isso está a mexer comigo mais do que eu gostaria.

12 comentários:

Mother_24 disse...

O importante é deixares ainda mais recordações deste natal para se juntar a todas essas... eu gostava de poder "libertar-me" para poder gozar ainda mais esta epoca com o meu filho... mas ando com os pensamentos noutras coisas q n no natal... e tenho pena!

jocas

Eva Lima disse...

Exactamente por essa razão TENS que aproveitar e apreciar a beleza do dia- do momento da época.

beijo

Mar disse...

Também fazemos a árvore nesse dia.

Beijo enorme!

Mae Frenética disse...

Por isso é q o Natal é uma época tão triste para algumas pessoas.
Parece q qto mais nos afastamos temporalmente de determinadas épocas, mais parece q elas regressam e se aproximam, não é?

Um beijinho grande

kombi disse...

tantos sentimentos ao mesmo tempo dão numa grande confusão na cabeça, mas é normal nesta época.

continua com dias assim, mais tarde os teus filhos vão recorda los como maravilhosos.

Mamuska disse...

Um beijo especial :)

nat disse...

*kiss*

Margarida Atheling disse...

Por aqui temos a mesma tradição.
O Natal começa, de facto, a 8 de Dezembro.
É o dia da árvore, do presépio, das primeiras filhoses (e da Missa da Padroeira, a que faltámos este ano).
E imaginas a ajudante que tive este ano, não é?! Ela delirou! :)

Entendo que tudo isso esteja a mexer contigo. Acho mesmo que é natural.
Mas essas recordações são boas,. são recordações lindas de momentos abençoados que viveste com essas pessoas tão importantes.
Tenta tirar dessas memórias apenas as coisas boas (que são tantas!!). Tenta...!

Um beijinho grande!

Cristina disse...

Gosto tanto de tradições familiares. Eu é que criei uma nova, fazer a árvore de natal no dia 1 de dezembro. As nossas memórias são do melhor que temos...

Henriques disse...

...apesar de saber que não atenua o sentimento, deixo-te um beijo muito grande e as memórias vivas que guardo com muito carinho de todos! Ainda me lembro dos bolos que fizemos para o dia da mãe, recordas-te? Beijo do tamanho do Mundo!!!

Soph disse...

... curioso... este ano ofereci uma flor à minha Mãe no dia 8 de Dezembro - para nós... também foi dia da Mãe.

Foi a primeira vez que o fiz... e ficou prometido que agora... iria ser sempre assim!

Dia 8 de Dezembro - dia oficial da Árvore de Natal!

... e a ti... MIL BEIJINHOOOOOOOOOOOOOOOOOOS DAQUELES QUE APERTAM E NOS FAZEM ENCOSTAR O CORAÇÂO ÀS COSTAS...

...

rosário albuquerque disse...

um abraço para ti!