sexta-feira, abril 16, 2010

As sextas-feiras...

são noites de bola para o pai, o que significa que são noites de mãe e filhos e desde há uns meses, noites de ir-para-a-cama-só-quando-não-se-aguenta-mais.

Hoje graças às asneiras à hora de lavar os dentes ditei-lhes o castigo:

- Vão já para a cama e hoje não vos conto história. Podem escolher um livro e ler se quiserem, mas eu não vos conto nenhuma história.

Dito isto, fiquei à espera da gritaria de protesto, mas nada. Ela pega numa história e senta-se na sua cama. Virei costas e continuei à espera dos gritos dele, mas nada.  Ele junta-se a ela, e ela começa a contar a história.

Saí do quarto e fiquei a saborear o momento do lado de fora.
Há poucas coisas de que gosto tanto como de os ver assim.

6 comentários:

MakingMoney disse...

Como eu te entendo... costumo dizer que se soubesse que a minha filha era tão mais feliz por ter um irmão já o teria tido há muito mais tempo, nem que fosse por "produção independente". A última maravilha cá de casa é deitarem-se todas as noites na minha cama a ver um filme de desenhos animados na minha cama... o pior é depois devolvê-los aos respectivos aposentos. É que o de tres anos ainda se leva bem ao colo, agora a de 12 que tem que ir tipo meio a sonambular e a resmungar... mas na verdade não ha nada mais lindo, isso e ve-los correr um atrás do outro e a dizerem não me apanhas!!!!
Prontos é certo que de vez em quando também andam à tareia, masi concretamente ele afinfa-lhe e ela ri-se, mas isso agora não interessa nada pois não??

tarapatices disse...

:)) ***

shu disse...

:)

Rita (a minha pequena lua) disse...

é realmente encantador e assim, tb vês que cresceram... já "lêem" sozinhos lol!

Gi disse...

Tão bom!

Soph disse...

LINDOS! (...como sempre!)