quarta-feira, abril 14, 2010

Conversas com/entre eles...

Introdução:

Ela recebe uma semanada de um euro desde o dia em que fez seis anos. Nesse dia, dissemos-lhe que ela é que decidia como é que queria gastar o dinheiro - uma afirmação que me pode vir a sair cara - e que só dependia dela a opção de ir poupando ou gastando o dinheiro.

Ele é completamente fascinado por motos e pede constantemente ao pai para comprar uma moto para poderem andar os dois.

A conversa:

No Domingo, íamos muito bem no carro, quando passam por nós uma série de motos. Ele fica logo em delírio e volta ao ataque com os pedidos:

- um dia o pai vai comprar uma moto para mim!
- mas olha que as motos custam muito dinheiro, Miguel - digo-lhe eu.
- mas o pai e tu vão trabalhar muito e poupar muito dinheiro e compram a moto para mim e para o pai. Vamos comprar uma para mim, uma para o pai, uma para a mãe e outra para a Joana!
- olha olha! se queres uma moto vais ter de poupar o teu dinheirinho para a poderes comprar! - outra afirmação que daqui a uns anos me pode custar cara.
- Ai temos de gastar o nosso dinheiro? - intervém ela - Então não quero mota! Eu nunca quero gastar o meu dinheiro!

4 comentários:

Mãe(q.b.) disse...

lol olha que dois, uma é uma "agarrada" o outro um "mãos-largas" ahahahah

jocas

Susie disse...

Este teu post lembrou-me uma coisa que os meus fizeram este fim-de-semana... no caso deles decidiram juntar o dinheiro dos dois para pouparem mais depressa para um cavalo!

Costinhas disse...

eu li ;) e pensei no mesmo :p

Soph disse...

Migas... eu também quero uma mota!!!