quinta-feira, julho 29, 2010

Ela nos avós, ele connosco...

Miguel:

- quando é que a mana vem?
- a mana já chegou?
- é hoje que a mana vem?
- a mana ainda está nos avós?
- a mana?
- a mana vem logo?

Em modo non-stop, dia e noite [chega a acordar de noite a chamar por ela].

Joana (ao telefone):

- olá mãe! passa ao mano que quero falar com ele!
- olá mãe! o mano está aí?
- passa ao mano outra vez que quero lhe dizer mais uma coisa.

Nas poucas vezes que não está na rua a brincar com a prima e as amigas e tem tempo para falar connosco, claro está.

3 comentários:

sofia disse...

Quem bom, eles serem assim amigos!!!!

Mãe(q.b.) disse...

Ai as xaudadinhas as xaudadinhas, aposto qd regressar vão dormir juntinhos 1 mês :p

jocas

Helena Barreta disse...

É um privilégio, um tempo extraordinário de afectos, de vivências, esse que os miúdos passam com os avós.

Nem um nem outro se sente bem sozinho, que bom, que queridos.