quarta-feira, julho 07, 2010

Também podíamos ser a família golfinho...


mas agora quero gabar mesmo é o talento do miúdo para os mergulhos. É que salta direitinho para orgulho de qualquer professor de natação.

Agora, nada como uma semana com os pais e a mana patareca para descobrir novas formas de mergulhar. Ele era piruetas, ele era bombas, ele era a pés juntos, ele era a dizer adeus, enfim... quando voltar às aulas no sábado o professor até leva as mãos à cabeça com a deseducação que demos à criancinha.

Mas não podem ser só os avós a estragá-los, não é? Os pais também têm esse direito, certo?

4 comentários:

Sun Melody disse...

:)

Até ao dia em que vai às Olímpiadas!

Temos futuro craque?!

P.S. Pedi uma ajudinha, não acunda esta pobre alminha?

Um beijo

Helena Barreta disse...

Quer-me parecer que os professores, seja de natação, ou de outro desporto, já estão habituados.

Mas como se costuma dizer, quem sabe nunca esquece. As férias são mesmo para fazer coisas diferentes, pisar o risco e quebrar rotinas. E sabe tão bem.

Bons mergulhos, Miguel.

Mãe(q.b.) disse...

Epa olha que bem, diz ai ao teu michael phelps para ir ali falar com o meu colin farell (dizem q o gajo tem medo da água) para ele se deixar de mariquices e começar a gozar da praia como gente grande sim?

lol

jocas

Rita (a minha pequena lua) disse...

certíssimo!!! e que bem sabe!