quinta-feira, setembro 23, 2010

Noutra vida devo ter sido um pássaro...


Desde que descobri este pão é o que como todas as manhãs. Já queria ter escrito sobre isto mas queria a foto e nunca me lembro de a tirar antes do pão acabar. Vá que hoje lembrei-me com ele a meio, menos mal.

Compro-o não numa pastelaria com pão gourmet mas numa padaria à moda antiga e ainda por cima linda, de tecto bem alto, espelhos nas paredes e papel pardo em cima do balcão. Quando chego há música de outros tempos e um sorriso que me cumprimenta, e, quem me recebe atrás do balcão nem sabe o quanto isso me faz bem logo pela manhã.

Mas o título do post vem da minha figurinha quando o pão acaba. Acaba-se o pão e lá começo eu, de dedo em riste, a apanhar toda a sementinha que se soltou. E enquanto não acaba a sementinha, o dedinho também não pára de as trazer até à ponta da minha língua.

Se alguém um dia filma isto...

10 comentários:

Mãe(q.b.) disse...

LOLOLOL

quem sabe n terias sido um periquito :p

jocas

Monica disse...

NHAM!

Ana Sofia Santos disse...

aqui descobriu-se a pouco tempo
é muito bom o pão de sementes

kombi disse...

da há uns tempos que tb ando viciada em tudo que tenha sementes e cereais.

por aqui há um supermercado dentro de um condominio ( com campo de golfe...vivem algumas celebridades por lá)que tem uns pãezinhos humm hummm, então o de soja, ou de farinha de milho com cereais....bom mas não é só pelo pão que lá vou pois tb têm uma pastelaria tentadora, bem como alguns produtos alternativos como as barras de chá verde e soja cobertas com chocolate...uma tentação, pelo menos para quem gosta :D

shu disse...

ehehehe eu faço o mm :p

Amores Perfeitos disse...

eu tb faço o mesmo e acho que o pão até tem mais piada por isso:P

Palavras disse...

piu, pium piu, parece-me.
Sementes são boas.
Há um tempo atras provei bolinhos de sementes de sesamo, adorei. ;)

Malena disse...

Também adoro esse tipo de pão e lol... também apanho cada sementinha que cai, lol..
bjcs

Tita disse...

Nunca comi, mas fiquei tentada :)

Mãe M disse...

sou louca por! Havia um no JUmbo há 10 anos atrás q era de morrer por mais, e, pois claro, não há semente q se despreze. :)