segunda-feira, maio 16, 2011

Das obras: dia 175...

Estamos a entrar na que é, para mim, a pior fase de qualquer obra. Esqueçam a demolição, esqueçam os pós e areias espalhados por todo o lado semanas sem fim, para mim, a pior fase de todas é a dos finalmentes (nome altamente técnico, claro está).

É a fase em que todos os possíveis erros de todas as fases anteriores aparecem expostos sem qualquer tipo de pré-aviso e transformam o que está dado como "pronto" como "por refazer".

É a fase em que finalmente vemos as coisas a terem o aspecto que até então só podíamos imaginar, em que sorrimos (espera-se) com a previsão do final e que nos faz virar as cabeças para as infinitas possibilidades de decoração dos novos espaços.

É a fase em que finalmente começamos a limpar (e como limpámos este domingo...) para que fique limpo e não para ficar simplesmente habitável.

E é a fase em que todos os envolvidos na obra já contam os dias para o seu fim e que cada contratempo parece tornar-se num drama sem igual (sendo que alguns deles, pelo que exigem para serem solucionados, são mesmo).

Estamos finalmente nos finalmentes... resta agora saber por quanto tempo.

8 comentários:

Ana disse...

Eu acho que já disse isto mas estou MUITO curiosa para ver o resultado final! :)

Mónica disse...

Força!
Está quase :)
Beijocas

Tita disse...

:S

Não penses assim que ainda mais dificil é! Pensa no bonitinho que vai ficar no depois de tudo prontinho e novo.

Helena Barreta disse...

Agora que as obras estão nos finalmentes é aguentar só mais um bocadinho. E depois tudo brilha e está lindo e à vossa medida.

Beijinho

Costinhas disse...

isto é o que é Tita, não sou muito de olhar só para o lado bom da coisa (como parece que há muita gente a pensar)

Esta fase é mesmo a pior e todos os dias há qualquer coisa estranha para resolver. ontem descobrimos mais duas...

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

Uiii imagino, imagino... acho q é por essas e por outras q qd eu penso "se ganhar o euromilhões" acho q preferia comprar uma casa já feita em vez de a mandar fazer... embora o sonho de ter uma casa feita para nós é muito giro, só a catrefada de decisões e chatices que dai advém, é mesmo de fugir!!

Mas, boa sorte! já faltou mais... isso agora é fechar os olhos e avançar :)

jocas

Rita C disse...

Mostraram-me agora o teu blog. Curiosamente parece que estou a ter uma premonição... Sou mae de gemeos, com um trabalho full time e part time como fotografa, e as minhas obras começaram há 30 dias... estou a viver numa casa emprestada desde entao. Vou ter de sair da casa emprestada no final do mês e ir para a casa em obras... uma vivenda em remodelaçao TOTAL que neste momento esta toda esventrada... sobreviveste... tb havemos de sobreviver :)))

Beijinhos

Rita

Costinhas disse...

Rita, boa sorte! Não é fácil mas tudo se consegue quando há vontade e determinação :)