segunda-feira, agosto 29, 2011

Autch...

O nosso Rufus está quase a fazer 11 anos. O nosso Rufus, sempre que fica a ser tratado por uns amigos enquanto vamos de férias, engorda sempre uns quilitos (é tipo os miúdos quando vão para os avós :p). E o nosso Rufus não pode engordar por causa do seu problema nas ancas. Por isso, quando regressámos, decidimos passar a levar o nosso Rufus para um treininho pelas sete da matina para não complicarmos as manhãs e não termos desculpa de estarmos muito cansados à noite.

Este fim-de-semana, como o pai foi buscar a criançada, calhou-me a mim - e fui contrariada mesmo, especialmente no sábado em que ainda estava a recuperar de uma enxaqueca que se instalou na quinta-feira - ser arrancada da cama para uma corridinha.

É certo que uns 45 minutos depois estava na cama novamente. É certo que voltei a adormecer e só acordei às dez em ambos os dias. Confesso que - e especialmente no sábado - a corridinha até me fez muito bem, embora deteste correr e fique sempre aflita das costas. Mas o que eu não estava à espera é de andar à dois dias com umas dores nas pernas como se tivesse passado umas horas intensas no ginásio e fazer uma figurinha sempre que subo e desço escadas.

O nosso Rufus já está mais magro e até já aguenta o percurso todo a correr, mas está visto que o nosso Rufus não é o único a precisar de umas corridinhas matinais sistemáticas.

6 comentários:

Mónica disse...

LOL

Luz de Estrelas disse...

Há dias andei a brincar naqueles circuitos de manutenção urbanos, estás a ver? Upa, upa, quarenta abdominais para experimentar. Andei a semana toda a dizer "ai, ui". Crap...

estrela disse...

junta se o util ao agradavel e assim como tu também precisas para as pernas vão os dois tu e o Rufus dar uma bela corridinha é pena é ser de madrugada!!!
a essa hora é dificil me arrancarem da cama ao fim de semana...

António disse...

eu só engordei 4 kilos

Costinhas disse...

António... há que correr! há que correr! :p

Rita (a minha pequena lua) disse...

imagino... eu estaria cheinha de dores certamente... mas ainda bem que o Rufus já está mais em forma...