quinta-feira, agosto 04, 2011

Viagem no tempo I








A maioria das coisas aqui em casa estão tal e qual como a minha avó as deixou, bem marcadas pelo uso e são agora uma verdadeira máquina do tempo que me transporta à minha infância e aos gostos da minha avó. Cada gaveta aberta é uma caixinha de tesouros a estimar por nós.

6 comentários:

Rita (a minha pequena lua) disse...

isto parecia a caderneta de cromos do Markl nas manhãs da comercial... do que eu me recordo de tantas essas coisinhas... e do que vem associado a elas... a casa, os cheiros, as pessoas, momentos... gente, muita gente, que infelizmente já não está entre nós... eram bons tempos...

Mãe(q.b.) ao quadrado disse...

podes crer :) q saudades

jokas

1gota disse...

E tu tens a capacidade de eternizar esses tesouros em imagens tranformando-os ainda mais valiosos.

(aquele auto-colante do Cavacom é um must!)

:*

1gota disse...

* transformando-os = tornando-os

aVidaDaCastanha disse...

Mas que pérolas!! ;)
Em casa dos meus pais lembro me de ver essas caixas de fósforos do Bingo do Belenenses!!

Soph disse...

Tesouros!!!!