sábado, novembro 26, 2011

Banco Alimentar contra a fome...


Estava frio, muito frio e havia derby na TV, mesmo assim, com ela e a sua forma de abordar os poucos que chegavam ainda se encheram dois carrinhos de dádivas.

Para ele foi a estreia e a timidez não o deixou fazer nenhum pedido, mas aceitava os sacos que nos devolviam e ainda faz equipa com a mana (ela pedia, ele dava o saco) mais para o final.

Se puderem não deixem de ajudar. Basta uma lata de atum ou de salsichas (Sicasal!) ou um pacote de massa ou de leite. Não é preciso muito, nem sequer gastar exageros. Tudo, mesmo o que parece quase nada, vai fazer a diferença.

E se, como eu no passado, desconfiam destas campanhas, peguem nessa lata ou nesse pacote de qualquer coisa e entreguem-nos em mão a alguém ou instituição que saibam que precise. Com pouco podemos ajudar muito.

3 comentários:

Mónica disse...

Boa!

Helena Barreta disse...

Parabéns. Num tempo em que cada vez mais se ouve falar em comprar, é muito bom saber que há crianças conscientes, porque os pais assim os fazem, de que são privilegiados em relação a tantos outros. É bom ajudar.

Um beijo com muito carinho a cada um de vós.

Rita (a minha pequena lua) disse...

nós também participavamos sempre, antes de casar :) agora participamos mas é na comparticipação. eu penso como tu, mesmo que pouco, faz a diferença SEMPRE!