terça-feira, janeiro 17, 2012

Vergonha do que este país se está a tornar...

A miúda não conseguia adormecer com tanta comichão na perna. Fomos ver e tinha uma das pernas num estado lastimável. Sem saber o que lhe havia de colocar nesta situação em particular impunha-se que fosse vista por um médico e já depois das dez da noite saiu mais o pai direitos ao CATUS. Chegados lá apenas uma porta fechada com a indicação de quem precisasse se dirigisse a uma urgência hospitalar. Pesados os prós e os contras, lá foram os dois direitos à Estefânia e a uma urgência apinhada de crianças doentes. Voltaram para casa e amanhã um de nós vai ter de perder no mínimo a manhã de trabalho para tentar que seja atendida pela médica de família.

Já vínhamos a ser empurrados sem dó nem piedade para os seguros e serviços privados de saúde, mas neste momento é flagrante e isso só me faz aumentar o asco que sinto pela nossa classe política e seus compadres.

O facto de grandes empresas procurarem alternativas noutros países que lhes dão mais garantias eu compreendo e não me incomoda em nada. Agora, o que se está a passar na saúde é vergonhoso. O que se preparam para fazer nos transportes públicos, idem. E no mercado de trabalho tanto publico como privado, é o mais puro desrespeito pelos trabalhadores.

E nós calamos e consentimos e a maioria ainda volta a colocar nos lugares de decisão quem nos roubou e abusou da nossa confiança, ou, pior ainda, calam-se quando a sua voz faria realmente diferença para agora andar a gritar em manifs e facebooks a sua indignação.

16 comentários:

Dulce disse...

Não sei o que te diga... :(

(As melhoras da Joana...)

Ana disse...

Só não entendo, porque é que quem esáva contra o PEC, está agora a favor destas medidas. Na minha opinião, o PEC era mau, mas isto é bem pior.
Antes criticavam o Socrates, agora dizem que o Passos está a fazer o que tem de ser feito.
E vendem parte da EDP à China. É tanta coisa junta que começo a ter medo, muito mesmo.

As melhoras.

mica disse...

não tem ponta por onde se pegue.
as melhoras

Rita (a minha pequena lua) disse...

eu nem sei o que diga disto tudo Sandra, é tão mau... no meio de tanta porcaria, olha, o que realmente desejo é que a tua menina fique bem e depressa. beijinhos

Mónica disse...

Felizmente tenho seguro pela empresa porque, pelo menos onde moro, Centro de Saúde e CATUS é para esquecer (nem temos médico de família!).
Quanto ao resto, olha, nem vou comentar porque já disseste tudo...
Espero que a perna dela melhore.
Beijocas

Rita disse...

Sabes que mais? Chega a ser assustador, é o que é!

Espero que o que a Joana tem não seja nada de grave!

Beijinho

RAINHA MÃE disse...

Vai ser cada vez mais duro. Tal como tu Sandra também me admiro por esta passividade deste povo! Primeiro estranhei a forma como votaram, e agora não consigo entender como estamos todos a deixar que nos retirem direitos tão duramente conquistados! E a procissão ainda esta no adro. Esperem para ver....

akombi disse...

Os grandes estão lá e nós pequenos nada podemos fazer, nada vai resolver este buraco que tem que ser tapado quer queiramos quer não....agora quanto a algumas medidas até concordo a maioria dos trabalhadores abusavam....já o estado de saúde tb me assusta, eu que por agora não tenho nada a dizer do meu centro de saúde a onde vejo um centro completamente difrente de todos os outros de que vou ouvindo...ainda na sexta o marido teve que lá ir a uma consulta de urgência no gichet em vez de lhe cobrarem os 15€ de urgência diz a funcionária "o médico de familia não está, vai ser atendido por outra médica mas vou-lhe cobrar 5€ como se de consulta de familia se trata-se"....era cerca de 15h já estavamos na farmácia.

Mas este futuro assusta bastante....as melhoras da Joana.

Helena Barreta disse...

O Centro de Saúde da minha área de residência fecha às 22h, depois desta hora as consultas de urgência fazem-se no Hospital Garcia d`Orta. Hospital este a "rebentar pelas costuras" e ainda mais agora.

As melhoras da Joana.

Um beijinho

Rita Coelho disse...

As melhoras da Joana!

O resto? Ah, o resto...

Rita Coelho disse...

http://mmazul.blogspot.com/2012/01/distancia.html

Rita disse...

Já sabem o que tem a Joana?
Quanto ao resto nem digo nada, neste momento não consigo...

Mar disse...

Clap, clap, clap!

(isto sou eu a aplaudir de pé! As melhoras dela).

Rainha Mãe disse...

Só me ocorre dizer que isto é uma vergonha!

Luna disse...

vergonhoso Sandra, só digo coitado quem não tem dinheiro.
Ainda bem que a J. já está melhor.
Eu tenho tipo plano de saúde aí recorro nas urgências.
medica de familia tenho-lhe um pó nem a posso ver á frente infelizmente é a mesma dos meus filhos, se pudesse mudar era já amanhã.
bjos

Mãezite disse...

Olá! Só para te dizer que já fui duas vezes às urgências de pediatria da Cuf Descobertas, uma delas na noite de Natal à meia-noite e estavam TRÊS pediatras de serviço. Demorámos meia hora, fomos super bem atendidos (até nos deixaram entrar pela garagem para as miúdas não apanharem frio) e adorei os médicos. Resta dizer que tenho seguro de saúde pago pela empresa e paguei 30 euros pora cada vez que lá fui. Mas nestes casos e conhecendo as duas realidades (público e privado) acho que mesmo que não tivesse seguro ia lá. Penso que a urgência é 60 euros mais outros gastos que sejam necessários (tipo injecções). Mas se tiveres numa situação de aflição e se puderes pagar, recomendo. De resto, subscrevo tudo o que escreveste. Beijinho