sexta-feira, fevereiro 10, 2012

Conversas com ele...

No carro, do nada:

- mãe eu queria que tu nunca morresses.
- eu também, mas isso não é possível.
- eu queria que a nossa família nunca morresse. mas há muito poucas maneiras de não morrermos, não é mãe?
- oh filho, não há é forma nenhuma...
- ai há há! pedimos às winx!
- eu acho que elas não são assim tão poderosas Miguel!
- então vamos à Lapónia pedir ao pai Natal! ele tem toda a magia e nunca morre!

8 comentários:

akombi disse...

Conversa dificil, é complicado gerir e ensinar esse sentimento de perda :(

Rita disse...

O Gonçalo também anda (demasiado) ansioso com esse tema. Perguntinhas dificeis :(

Pollykc disse...

a infancia é sempre tao inocente e tão simples!

Rita (a minha pequena lua) disse...

era bom que fosse um assunto assim tão simples de se resolver... se era Miguel!

Mónica disse...

Tão bom, ser criança :)

Helena Barreta disse...

Aos olhos das crianças tudo é possível, deixá-lo viver assim enquanto é tempo.

Também eu, Miguel, já desejei ter uma varinha mágica.

Bom fim de semana

Ge disse...

Gostei muito do seu blog! Amo fotografia, e as suas são lindas!! Que câmera você usa?

Até mais...
Geisy

geisy_gouveia@hotmail.com

Sofia disse...

....lembro-me de ser pequena com 6/7 anos e estar agarrada aos meus Pais a chorar baba e ranho que não queria que eles morressem... ainda hoje me lembro perfeitamente da angústia e tristeza que senti naquele momento...

Bjs
Sofia