sexta-feira, junho 15, 2012

4h37

Acordei e foi o que li no relógio digital que está no topo do camiseiro.

Não voltei a dormir. A cabeça acordou já desenfreada a tentar desatar os nós que se têm vindo a atar desde há um ano e teimava em não desistir. Não desistiu e eu embirrei que não me levantava. Por volta das 6h dei-me como vencida e fui distrair-me com o planeamento das próximas semanas.

Há alturas na nossa vida que sentimos que estamos a ser levados ao limite e eu sei que já atingi o meu há já algum tempo, não porque eu me tenha esticado demais, mas porque toda a gente só aguenta uma certa e determinada quantidade de pancada nesta vida.

Neste momento não há cá lugar para "tudo se resolve" nem para "não há-de ser nada". São coisas que já em separado eram suficientes para ensandecer algumas pessoas que conheço, todas juntas... bom, todas juntas são a verdadeira prova de resistência. Resta descobrir o caminho no que nos é permitido escolher e esperar naquilo que não há escolha possível.

E eu sei que nada fica por se resolver para sempre. Por isso, o melhor é começar a usar o truque que a minha mãe me ensinava para desatar os nós difíceis: - pensa em quem tu mais amas, e não penses em mais nada enquanto desatas o nó. quando deres por ela já tens o nó desatado.



[e a título de pedido pessoal, não me comentem "tem calma" ou "não há-de ser nada" ou "há coisas piores"... mais vale que não digam nada, ok? se quiserem mesmo mostrar o vosso apoio - que eu tanto prezo - deixem um abraço ou um beijinho, mas sem frases feitas que neste momento não me fazem grande bem. Este é mesmo um desabafo de quem está acordado desde as 4h37 e que encontra neste espaço, um sítio para dizer o que lhe apetece e que pode ser dito aos ouvidos do mundo.]

21 comentários:

Mãe ao quadrado disse...

Se me premites, e claro, sem saber ao certo o que se trata este tua "grande insonia" que há um ano não te deixa descansar... só queria comentar as belas palavras da tua mãe... acho que sim essas palavras são as que deves seguir!

FORÇA!! (posso desejar força não posso :p)

vá toma lá um abracinho apertado :)
(ou um "apertão" como eu digo ao meis novo)

Mãe ao quadrado disse...

xiii premites!!! desculpa... eu queria dizer permites :p

Costinhas disse...

força é "premitido" :p

beijo

Mar disse...

Beijo gigante, Sandra. :)

Graça disse...

Beijinhooooooooooooo :)
*****

Anna^ disse...

Toma lá uma beijoca e se quiseres mudar de ares anda até cá acima que eu dou-te um abraço (modéstia à parte, mas dizem que são dos bons :D ).

Célia disse...

Olha tem calma! (lol), Muita força!( lol) e Tudo se resolve? (lol) Agora sim Força! :D Beijos e vive um dia de cada vez com a força que te conheço, mas com a esperança que todos os dias é um dia novo! Gosto de ti... só para saberes! <3

Costinhas disse...

Célia Maria, Célia Maria... tu ainda apanhas. :p

Anna^ são pois que eu já os experimentei :)

1gota disse...

Força, beijinho e abraço! :)
Um 3 em um!

:*

Paula disse...

Um beijo...enorme!!

Ana A. disse...

<3 de amizade... ainda que virtual mas sincera :)

Ana A. disse...

<3 (ups era ter ficado um coração...)

Ana disse...

Querida Sandra,

Pensa nisto:
Um apertinho da Joana,
Outro do Miguel
Um abraço do teu "pázinho"
O sorriso da mana (que eu conheci e sei que é gigante)

E um xi, bem forte, com cheirinho a francesinha e a rio Douro.

Só para ti. :)

Mae Frenética disse...

Atão?
Um abraço ajuda? ;)

* disse...

bj grande


Sandra (Guga2004)

mica disse...

desabafa o que te apetece rapariga! deita cá 'pra' fora! :)
o que mais vale são os nós BONS da vida! esses sim, certo?
bj

Sofia disse...

Muitos beijinhos!!!!!


Sofia

Ana Paula disse...

Nem que não pedisses ias apenas dar-te um beijinho. Agora dou-te dois.

Sónia disse...

Um abraço apertadinho Sandra!

Luna disse...

Palavras sábias deixadas pela tua mãe,++++++++++++++++++++++++++++.
acredita sempre Sandra mesmo que futuro pareça negro, beiJo enorme!

Eva Lima disse...

Deixo-te o (meu) ombro e um beijo