terça-feira, junho 05, 2012

Dúvidas, dúvidas...

Há seis anos troquei o carro pela  Carris , há um ano troquei a Carris pelo Metro, hoje estou a pensar seriamente trocar o metro por uma scooter (125cc)...

Quem dos que me lêem aqui anda em Lisboa de scooter? Quem gosta de opinar sobre estas coisas? O meu objetivo é gastar o menos possível tanto na compra como no consumo/manutenção pois o orçamento é limitado e o meu objetivo é gastar menos do que vou passar a gastar com o passe daqui a uns tempos.

Fico à espera desses opinanços :p (e obrigada desde já)

8 comentários:

Marta disse...

Um amigo meu fez exactamente as trocas que tu fizeste. Não pode estar mais satisfeito. Diz que gasta pouquíssimo em combustível, anda por todo o lado, estaciona em qualquer cantinho e diz que não entende como é que mais pessoas não fazem o mesmo. Já convenceu a esposa a fazer o mesmo e estão ambos muito satisfeitos! :)
Beijinhos.

Luna disse...

Amigo meu trocou carro por uma moto, como vive na zona sul tejo, ganha nas filas de transito e poupa combustivel, não tem andar doido á procura de estacionamento, pensa no assunto não te vais arrepender.
bjos

akombi disse...

Por aqui somos apologistas das motos...foi por causa delas que nos conhecemos, na altura eu com uma "acelera" e ele com uma DT50, eu com o tempo deixei as duas rodas e passei a 4 devido ás "duas atreladas" e a onde moro, longe de tudo, por agora é a única forma de deslocação e é um absurdo, carro a gasolina a gastar 150€ por mês....a carrinha do marido de trabalho a gasólio a gastar uma média de 300€ ( ele é jardineiro por conta própria) é um ordenado mas tem que ser....mas ele nunca perdeu o gosto e mesmo mudando para as motos de 4 rodas, nao passa sem a sua trial450 e o que ele adora passar horas a fazer a manutenção ( ele adora mecanica).

Da opinião do marido desde que seja moto a 4 tempos gasta menos tanto em combustivel como em manutenção, e existem motos de 50cc a 4 tempos, ou seja na compra de uma 50 é mais barata que a 125.
Vai a uma boa loja e de certeza que te vão dar bons conselhos....agora prepara te para quedas....ai não tenho nada saudades de "lamber" o alcatrão.

Xana disse...

Cá em casa o marido trocou o carro por uma 125cc à 1 ano e desde então anda super satisfeito! O seguro é barato, o consumo é económico e nunca há problemas de estacionamento ou filas de trânsito.
Antes de engravidar, sempre que precisavamos de ir os 2 a qualquer lado sem a cachopa íamos sempre na mota!
Foi uma bela troca, bem mais económico que carro ou passes!
Um beijinho grande

SS disse...

Olá... Deixo a meu testemunho! Eu moro no concelho da Amadora e trabalho em Lisboa na zona do Parque das Nações. Para ir trabalhar precisava apanhar dois autocarros da carris e o comboio da CP. Comprava por isso o L1 (para ter oportunidade de andar também no metro se fosse preciso). Estava a pagar quase 50 € de passe.
No ano passado comprei uma Honda PCX 125 por aproximadamente 2500 €.
Foi o melhor que fiz, com 5 litros de gasolina faço 200 km... O que significa que por mês gasto cerca de 15 € de gasolina (aproveito a mota para deslocações casa-trabalho, mais idas ao ginásio e outras voltinhas na cidade).
A vantagem da mota é a rapidez, a comodidade de ter veiculo à porta, poder sair a qualquer hora sem me preocupar com horários de transportes, a poupança em passes...
Muitas pessoas perguntam-me o que faço em dias de chuva e a resposta é: tenho mais cuidado. Uso fato próprio nesses dias, e tenho a sorte de meu local de trabalho poder ter uma muda de roupa, bem como balneários se quiser tomar um duche quente.
Estou muito feliz com esta minha opção e não troco a minha motinha por nada!
Boa sorte!

akombi disse...

esqueci-me.....não te esqueças que a moto tb tem o custo do selo....e quanto mais recente é a moto mais caro ele é :(


porque não ponderam no renault twizy? ( carro eletrico) o marido anda a rezar para que fique mais barato em 2ª mão para daqui a 3 anos comprar para a mais velha, diz que se pode conduzi-lo a partir dos 16 anos....por agora é um veículo caro ( 6900€ sem portas e vidros, extras), ainda não vi nenhum na estrada, não sei se vai ter sucesso :o

Pimpolha disse...

O meu marido, que é motorista da carris :), comprou uma pois trabalha muito perto de casa, e está muito satisfeito.
Relativamente ao orçamento informa-te bem pois há motas chinesas que não são boas compras.
Ele comprou uma Symphoni (acho que é assim que se escreve...) que é a marca branca da Honda (salvo erro) muito mais barata e está super satisfeito.

Beijinhos

Mãe M disse...

Eu tive uma 250cc. Adoro e qdo n tiver q transportar mais uns qtos passageiros repenso a questão. Mesmo com mais cilindrada, e eu bem mais longe q tu era um luxo!