sexta-feira, julho 06, 2012

Jogar às raquetes...


Ele adora jogar ténis. Nunca jogou, mas adora, por isso, anda sempre atrás de nós para jogarmos com ele.

Este é o conjunto que ele agora leva para a escola, leva para o parque, leva para a praia, leva para todo o lado: uma bola feita de papel e fita de embalar, uma raquete de praia e uma raquete de badminton, ambas velhinhas e gastas.

É só jogar com ele cinco minutos e temos a criança mais feliz do planeta.

6 comentários:

Helena Barreta disse...

Sabes que o meu filho para além de jogador também é treinador de ténis, tenho a certeza que se se encontrassem iriam gostar um do outro e o Miguel podia ter umas aulas, que me dizes?

Um beijinho

Costinhas disse...

digo que... era uma excelente ideia! :)

temos de combinar

akombi disse...

Temos tennista.

Fizeste-me lembrar...á uns anos na praia, a mais velha deveria de ter uns 3/4 anos (ainda não tinha-mos a mais nova lol)eu e ela a jogarmos com uma raquete tipo essa vermelha..ora a mais velha em criança sempre foi muito mexida, enquanto jogava rodava com o braço esticado com a raquete...num desses rodopianços vem um menino peq e pimba leva com a raquete na cara....fiquei para morrer, não aconteceu nada...a não ser uma cara com a marca da raquete... a mãe era compreensivel e lá resolvemos com mimos acalmar o menino, que imagino o quanto deve de ter sofrido.

Costinhas disse...

lol akombi! olha que se era como esta vermelha, deve ter doído e não foi pouco porque é pesada à brava :p

Rosa disse...

Fácil de satisfazer, portanto!

Monica Lourenço disse...

How simple is that? :)