sexta-feira, setembro 07, 2012

Casa cheia...

Estive a casa em silêncio durante semanas seguidas. Hoje, depois das reuniões do colégio vieram dois manos connosco para jantar. Agora ficam para dormir. Amanhã os dois mais novos, que andaram desde os dois anos até o ano passado juntos, vão a uma festa de anos comum. Os dois mais velhos, que andam desde os três anos juntos, conversam e matam as saudades e estão tontos de todo. O pai da casa regressou ainda há pouco às noitadas de futebol com os amigos, e eu estou aqui a trabalhar no escritório  e a ouvi-los a brincar aos super-heróis com peças avulsas dos fatos de máscaras.

Eu gosto assim da casa cheia. Cheia de amigos e filhos de amigos. E este barulho feliz enche-me as medidas.

miúdos na tenda (ie, um fio de lã, três lençóis, dois cortinados, o colchão da cama dela e molas da roupa qb)



* barulho feliz: som mais ou menos alto, de gritos, urros e exclamações de alegria ou típicas de super-heróis e simulações de lutas, sem birras, desentendimentos ou amuos fraternos, alternado com momentos, poucos e curtos, de silêncio ou de negociações de mudanças de brincadeiras.

3 comentários:

Sofia disse...

Muito bom!! :)) Também adoro ter a casa assim :))

Monica Lourenço disse...

Que bom :)

sofia disse...

:)