quarta-feira, fevereiro 12, 2014

Pela segunda vez...

Uma manhã que começa bem, com filhos bem-dispostos e cooperantes, pequeno-almoço tomado com sorrisos e gargalhadas, acaba com mãe a disparar em todas as direções, todas as folhas de um dossier a caírem no meio da estrada molhada*, um dos filhos a entrar na sala de aula com o teste já a decorrer, mãe a bufar com o trânsito, todas as variedades de condutores domingueiros e semáforos que, claro, tinham de estar todos vermelhos.

E porquê?

Pois não sei... porque num daqueles segundos em que continuavamos todos em paz e sossego e eu até tinha tempo para me acabar de arranjar para além do tirar migalhas de cima, o mais novo entra em modo estou-do-contra-tu-és-má-feia-e-só-quero-o-que-não-posso-agora e a mais velha no modo eu-estou-na-lua-e-não-me-digam-para-fazer-nada-tragam-me-tudo.

Aaaaaaahhhhhhhhh como é linda a maternidade matinal.



* esta foi a primeira...

5 comentários:

vera disse...

É linda e uma caixinha de surpresas: nunca sabemos o que vai acontecer :)

Célia disse...

:P

Helena Barreta disse...

Respira fundo, já passou.

Não há como os filhos para quebrar a rotina.

Um abraço

Mamã de Três disse...

Reconheci tantas das minhas manhãs nesta descrição... Parece que eles escolhem os dias que menos jeito dá perder tempo com as birras...

'O DIÁRIO' por Mãe Solteira disse...

Estes são aqueles dias que existem para nos mostrar que afinal também há dia perfeitos, os outros dias