quarta-feira, janeiro 17, 2007

Do usar saltos (fininhos)...

e da calçada portuguesa: Passar a andar na beira dos passeios. [andar aos pulinhos no passeio e prender o salto a cada dez passinhos... definitivamente não é para mim]

19 comentários:

Anna^ disse...

E tens sorte se o tacão não ficar preso...e se fôr a atravessar uma rua e teres q voltar atrás,para apanhar o sapato rapidinho antes q o semáforo mude...aí então nem sabes se ris se te enfias no buraco mais perto de ti :D

beijinho

a mamã Paula disse...

Pois, pois, essa situação faz-me lembrar alguém ;o)

Para já e durante os proximos tempos esta mamã vaidosa colocou os saltos mais fininhos de lado e optou pelos saltos um pouco mais largos :o)

Bjs

Anónimo disse...

Por isso à semana optei pelos sapatos com salto grosso ou raso;)

Silvia disse...

eu nem os consigo calçar...LOL...n sou mm nada femionina nesse aspecto

Amores Perfeitos disse...

por isso n uso saltos fininhos;)

Anónimo disse...

Por essas e por outras é que, apesar de gostar de usar saltos, eles têm ficado no armário! :)

Miragem disse...

Ficas tipo passarinho... :P

Anónimo disse...

:) Não tem piada!

Beijinhos.

mamã Diana disse...

O comentário de cima é meu.

A mamã disse...

ehehehe eu também detesto!!!!
Por isso sou mais adepta do estilo desportivo
Jokas
Paula

Margarida Atheling disse...

É exactamente por isso que os uso tão pouco!
Mas é pena... porque até gosto. Quando sentimos vontade de sermos mesmo femininas, dão uma ajuda preciosa. Uma mulher em cima de uns saltos desses transfoma-se; muda o andar, a postura e até a perspectiva que temos das coisas (de algumas coisas, pronto. que no essêncial mesmo, não muda nada. mas ajuda).

Beijinhos

Anónimo disse...

é fácil, finges apenas que pousas os saltos. Tipo quando danças, em bicos de pés!
:), digo eu que é raro andar muito com eles, e q ao fds finjo que não tenho!!!

Anónimo disse...

Pensei que tinha vindo ao blog errado!
Depois fui ali atrás pôr a leitura em dia...
(ai mãezinha, preciso de tempo para assimilar estas mudanças, eu volto já)
:P

Maçanica disse...

Optei por saltos finos e relativamente baixos mas, por viver numa bela vila do interior repleta de calçada bonita, tenho os dois pares a chorar pelo sapateiro. Esta semana voltei aos mais altos mas é verdade, não há pernas que aguentem os saltinhos na calçada!

É a 1.ª vez que aqui venho, gostei, vou voltar!

sm disse...

Podes crer, que stresse!!! Tb. foi uma mudança que me custou a adaptar, como costumo dizer quem criou estes saltos não vivia em Lisboa!!!

:-P
Sandra

guga disse...

pois, é o que dá ser "jeitosa", ehehehe.

bjs Sandra

guga disse...

pois, é o que dá ser "jeitosa", ehehehe.

bjs Sandra

CC disse...

Olha que a mim já me aconteceu ficar com um salto preso e de repente ficar sem ele. É nessas alturas que dá vontade de ter uns chinelinhos à mão.

Anónimo disse...

lol Nem mais... Eu trabalho perto da Graça... Sei do que estás a falar, desde que usei umas mules que ficavam constantemente para trás na rua e eu, qual Cinderela, ali especada...