quarta-feira, janeiro 31, 2007

Dores...

o que eu gostava de as ter por eles. Ela quase só se queixava do ouvido quando lhe tocávamos sem querer, mas com o fim do dia o desconforto foi aumentando e a noite foi uma tortura. Lembro-me perfeitamente de quando era pequenina de me arrastar para fora da cama e deitar-me no chão frio da cozinha para tentar diminuir a dor que sentia. Lembro-me perfeitamente das tentativas da minha mãe em me consolar. Recordo melhor esta dor, que as dores de parto da Joana. As primeiras otites que ela teve não lhe causavam dor. Estas não lhe dão febre, mas a dor está lá e era escusado. Talvez por serem purulentas, não sei. Sei apenas que se pudesse escolher preferia as primeiras. Aliás... o que preferia mesmo é que nunca ficasse(m) doente(s). A consulta do otorrino já está marcada. Espero é que quando lá chegar ele me diga que foi apenas um acidente de percurso e que não é preciso mais nada.

11 comentários:

Tânia disse...

:-(
As melhoras dela.
E um beijinho, para as 2

Amores Perfeitos disse...

:(((

custa tanto vê los doentes!!!

barbarayu disse...

oh pá... caramba... :((

um beijinho grande de melhoras!


(liguei-te ontem, falei com o António, pois queria devolver-te aquilo pois deve estara a fazer falta)

Fitinha Azul disse...

como te entendo...as minhas dores de ouvidos eram terríveis (e ainda são)...
Beijinhos grandes

ana disse...

as dores de ouvidos são das coisasmais insuportáveis que há. =(( tadinha dela, pá! espero mesmo que melhore rápido com o tratamento e que esta seja a última! :(

beijinhos grandes.

mamã Diana disse...

Eh pá, isso é que é chato... :( as melhoras, amiga.

Beijinhos.

carlag disse...

Eu nunca tive dores de ouvidos felizmente. Desejo as melhoras.
O H. teve internado no inicio do ano com uma otite que n foi curada e rebentou para dentro. Houve um descolamento do ouvido...enfim...e já está com outra, no outro ouvido, mas foi logo medicado. Agora à primeira queixa de dor, lá vou eu logo ao médico :)Ganhei par ao susto!

Beijokas

Monica disse...

Tive imensas otites em pequena e também me lembro bem das tentativas de consolo da minha Mãe e daquela dor que moía, moía e que mesmo quando era pequena teimava em continuar lá, tipo moínha até doer tanto outra vez :(
Quem me dera sofrer isso outra vez 1000 vezes do que os meus filhos terem dores...
As melhoras da Joaninha
Beijos

Monica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Monica disse...

PS: se por acaso não gostares do otorrino onde vais (não me lembro se já foste alguma vez...) conheço um em Lisboa que é excelente, dos melhores do País, mesmo e é um espectáculo com os miúdos (a Luísa já lá foi).
Se for preciso, "apita" para o totinhas@gmail.com
Beijos

buggy disse...

tadinha... não sei como são essas dores, nunca as tive, mas conheço a aflição de mãe... as melhoras!!

beijinhos