terça-feira, fevereiro 13, 2007

Ele...

quando começou a ir para a ama, só adormecia se fosse embalado no carrinho. Em casa, bastava deitá-lo na cama que ele ficava-se. Quanto muito chorava um bocadito e lá se ficava. Agora, quando tem sono em casa da ama, estrabucha um bocadinho e é só deitá-lo na cama que ele fica imediatamente. Em casa, agora quer dormir na nossa cama e temos de nos deitar ao pé dele até adormecer. Só na hora de dormir, é que ainda adormece na cama dele (porque sou teimosa que nem uma mula e acho que não posso abrir mão deste hábito). Esta noite, não queria jantar porque estava cheio de sono e não queria ficar a dormir, porque queria brincadeira com a irmã. Foi uma luta desigual e acabou mesmo por adormecer a ser abanado no colo. De madrugada, estava a arder em febre. [estou aqui caladinha, ok. ó pra mim de boca fechada...]

8 comentários:

ana disse...

ok. era daquela febre que aparece para combater alguma infecção que, na verdade,não vai chegar a despoletar-se, certo? CERTO?!

:x

Paula disse...

Pois pois boca fechadinha.

As melhoras do Miguel.

Beijinhos :o)

Tânia disse...

Isso dos sonos é tal e qual a minha... Só ao fim-de-semana é que vai adormecendo sozinha à tarde, quando não opta por não dormir NADA DE NADA.
Estou confiante que essa febre é como a da Leonor da semana passada: uma febrita isolada e pronto, "mai nada".
Beijocas

Fitinha Azul disse...

nem um pio!
Beijocas

Mãe Carla disse...

As melhoras do Miguel.
Desculpa que te diga, mas a tua casa parece a minha. Há sempre alguém doente.
Vão embora bichos maus.

:)

Dois amores disse...

Espero que não seja nada!!!

Beijoquinhas em silêncio

Susana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Susana disse...

Ohhhh... Coitadinho!!! Afinal estava rabugento por alguma coisinha!
Espero que melhore rápido.

Bj*s