quinta-feira, maio 24, 2007

Leite de vaca

(mais uma vez na sequência de perguntas que me deixaram nos comentários) Tanto ele como ela manifestaram os sintomas de Rinite Alérgica (RA) logo a partir dos dois meses de idade. No caso dela, manifesta-se a nível da pele e agora, por causa de acumulação de muco nas trompas de Eustáquio, em otites. No caso dele, manifesta-se a nível respiratório e da pele. Se no caso dela, conseguimos diminuir radicalmente os sintomas retirando da sua alimentação habitual o leite de vaca e os iogurtes à base do mesmo leite, no caso dele, isso não me parece ser suficiente, por enquanto. A RA não tem cura, pode é ir-se manifestando com mais ou menos gravidade durante toda a vida. Uma das coisas que podemos fazer, sem recorrer a medicação, para minorar os sintomas, é evitar ao máximo os alimentos mais reactivos, entre os quais se encontra o leite de vaca. O leite de vaca contém proteínas que faz com que o organismo responda de forma mais violenta a outras substâncias. Por outras palavras, deixa o organismo mais reactivo às alergias. São essas proteínas e não a lactose, que têm de ser evitadas. Vejamos:
«(...) O consumo de leite pode ser desaconselhado nalgumas condições de saúde, como a intolerância à lactose e a alergia às proteínas do leite: Intolerância à lactose: incapacidade de digerir a lactose. A lactose não é absorvida e passa para o intestino grosso, onde é degradada pela flora intestinal. Em consequência, produzem-se gases, provoca dor e diarreia. A abstinência de lactose na alimentação, acaba com todos estes sintomas. Alergia às proteínas do leite: hipersensibilidade do sistema imunitário às proteínas do leite, causando uma reacção alérgica. Pode provocar sintomas mais ligeiros, como a diarreia, ou problemas graves de dermatite e asma. Deverá substituir o leite de vaca por outros tipos de leite, como o leite hidrolizado, que não provoquem reacção alérgica. (...)»
fonte: site da Néstle Portugal Eles estão habituados ao leite de soja desde pequenos e como tal não lhes faz diferença nenhuma (e, alergias à parte, eu até acho que é muito mais saudável que o leite de vaca) mas ela desde que está na escola e partilha a hora do lanche com os colegas, sente mais curiosidade em beber o leite dos outros, o tal que não é especial como o dela. Mas ela percebe perfeitamente que não o pode beber porque lhe faz mal e aceita, o que não invalida que ela o vá pedindo e que nós, muito de vez em quando, permitamos que ela o beba. (podem ler mais sobre isto em posts antigos, marcados com a etiqueta: Alergias)

9 comentários:

Tânia disse...

Perdoa-me a ignorância, Sandra, mas em termos de nutrientes o leite de soja não fica aquém? Confesso que já ando para me informar sobre isso, mas é mais fácil perguntar-te ;-p

Costinhas disse...

Tânia, sabes o que ainda é mais fácil do que me perguntares? Na próxima ida ao hiper, pegas numa embalagem de leite de vaca e numa de leite de soja e comparas a tabela nutricional de cada um. Depois pegas num leite de vaca e comparas com outro de outra marca ou com um daqueles leites infantis.

O que vais ver é que os valores são quase todos distintos mesmo entre leites da mesma tipologia.

Qual é que é melhor a nível de nutrientes, não faço ideia. Acho que também depende muito das tuas necessidades e hábitos alimentares.

Quando referi que acho o leite de soja mais saudável é porque além da vantagem de ser vegetal (logo sem as tais proteínas animais) e de não conter lactose também não tem colestrol.

Mas se fizeres algumas pesquisas, vais encontrar prós e contras nos dois. É tudo uma questão de ver o que se adequa melhor no caso de cada um.

Morena disse...

Ora aí está um assunto que (infelizmente) já me fez pesquisar horas na net, e não só...
Por cá temos uma alérgica com reacções bastante graves, mas pode ser que passe... ou não...
Bjinho

Lúcia disse...

A minha também tem sintomas de rinite alérgica mas os dela não passaram nunca por reacções cutâneas ( à excepção de uma vez ). Bebe leite de vaca ( mas muito pouco que a menina não é fão de leite ) e nunca teve nenhuma reacção no entanto cada caso é um caso. Nela dá para as otites, amigdalites e quando a coisa evolui muito para bronquites. Está muito melhor desde que está no homeopata e se bem que não tenha cura ( apesar de ainda não ter o diagnóstico definitivo de RA ) tem melhorias muito significativas ( que não vi com o alergologista.
Bjnhs

Lúcia disse...

fã, lol, fã!

inesn disse...

é pena é o preço do leite de soja...

uma perguntinha, já agora: porque falas de rinite alergica e não de alergia à proteína do leite de vaca (o que o diogo tem, como sabes)?

Costinhas disse...

inêsn, essa do preço é que é... mas se pensar que em vez de gastar na farmácia gasto em leite já não me parece tão mau :p

Quanto ao falar de RA e não da alergia à proteína propriamente dita é fácil. Nós nunca fizemos análises a nenhum dos dois para determinar a que é que eles são alérgicos. Por isso, eu não posso dizer que eles são ou deixam de ser alérgicos a algo em concreto.

Além disso, ela pode comer queijo à vontade que não lhe acontece nada. Por isso, aparentemente ela não é alérgica à proteína do leite de vaca.

O que sabemos é que o leite e os igurtes potenciam as reacções alérgicas dos dois, e que a soja age exactamente de maneira oposta.

consegui-me explicar?!

Ana disse...

nós lá por casa bebemos o hidrolisado (nutriben), vamos ver o que a dr graça diz agora na consulta dos 12 meses, e ver se ja pode beber leite soja.

como sabes o Martim fazia, alem dos eczemas, crises respiratorias como resultado de reacções alergicas ao leite

os yogurtes come soja

são caros, oh se são, mas é preferivel do que ir de "xarola" para o hospital, como já tantas vezes fui(fomos)

xxx

A

sorrisos da minha alma disse...

Já entendi, Duda também bebe "alpro" apartir do momento em que teve a vasculite, mas neste momento ainda misturo os dois leites, vamos aos poucos a ver se pega! Eu tb devia me reeducar mas aiii que ele custa tanto a beber!
Quanto á Joana a parte mais dificil e fácil e a entender é quando ela vê os amigos a comer o que ela não pode...