sexta-feira, dezembro 21, 2007

Tento na língua, mãezinha...

Ontem, no carro, um simpático condutor faz uma série de asneiras umas atrás das outras e quase que me faz perder a saída, só para o evitar. Não consigo conter uma interjeição proibida: - Olha-me este estúpido! Frase proferida e, de repente, soam os meus sininhos de alarme: Fizeste asneira! Fizeste asneira! Fizeste asneira! Antes de ter tempo de tentar corrigir, qualquer coisas, ouço: - Oh mãeeee! - num tom de desaprovação. Pronto, estou tramada, estes miúdos não deixam escapar nada. É então que ela acaba a frase num tom de quem explica o óbvio: - Se dizes estúpido, tens de apitar! Vou ali auto-flagelar-me um bocadinho e já volto, ok?!

5 comentários:

Baguigolas disse...

Ah! n podes é ficar a meio das coisas. Pois!

Sandra e Amaro disse...

Lolololololollllllllllllll~
Amiga desculpa mas a tua Joana tem cada saída que são demais!!!!!!!

Jocas grandes e aproveito para vos desejar um feliz natal!!!

Amores Perfeitos disse...

pois...aqui se eu digo estupido ela diz logo: mãe essas são as palavras q n se diz!!!!

Lúcia disse...

loooolll :)

Ana Alves disse...

looooooooooooooooooooooooooool

Olá!

Bem, acho que nunca me tinha rido tanto a ler um Blog!!! :-)

A tua Joaninha é o maximo!!


Beijinhos para os 3

Ana, Clarinha e Alexandre