domingo, dezembro 07, 2008

Às vezes...

farto-me desta reviravolta boa que deu a minha vida. Farto-me de não ter um segundo livre no trabalho. Farto-me das horas que o curso me rouba e das noites que não os vejo. Farto-me dos trabalhos que me vão aparecendo sem procurar. Custam-me as saudades deles. Custam-me as minhas. Mas, depois de não os ver dois dias seguidos, porque ou tive curso ou fiquei a trabalhar até tarde e saí cedo de manhã. Depois de ter estado agarrada ao trabalho num sábado. Depois. Surge um domingo perfeito a três. O pai foi passar o dia fora e sou só eu e eles. A manhã divide-se entre banhos divertidos, jogos de sudoku com autocolantes e molho de bolonhesa. Eu tenho demasiadas saudades deles para perder a calma com os disparates e eles têm demasiadas saudades minhas para os fazerem. O almoço corre sem problemas e a recompensa são morangos à sobremesa. À tarde, durante a sesta dele, arrumo a cozinha embrulhada em conversas - autênticos monólogos - intermináveis com ela enquanto brinca com os carrinhos dele. Agora ele acordou e vamos sair para uma festa de anos. E finalmente recordo que adoro voltar a sentir-me assim no trabalho, que amo realizar os trabalhos que vão surgindo e que o curso me dá um prazer enorme. Mas às vezes esqueço-me. E farto-me.

9 comentários:

Tânia disse...

O que eu te admiro, pá!

Loira disse...

Pois... são sentimentos ambíguos. Sei do que falas, já passei pelo mesmo.

Maria disse...

Pensa, que pelo menos o tempo que consegues passar com eles é de qualidade..:)
bjnho.

Liana disse...

Beijos

Fitinha Azul disse...

entendo-te perfeitamente...

Beijocas!

Tita disse...

:D

mamã Xana disse...

Estás a ir muito bem! :)

rosinha_dos_limoes disse...

Pois, acredito bem que te fartes ... mas que seja por bocadinhos aqui e ali porque tens mesmo de fazer o que estás a fazer ... vai ser fantástico o resultado, vais ver!
E depois, se tu estás a crescer e a aprender e a seguir o que te diz o coração ... à tua volta tudo o mais vai crescer e aprender também ... e principalmente os teus filhos vão aprender que se pode e deve seguir um sonho.
Força!

buggy disse...

estás a dar um grande exemplo aos teus filhos! um exemplo de determinação, de persistência, de coragem, e de amor também.
custa e vai apetecer mandar tudo às urtigas por causa dessas saudades, mas no final vai valer tão a pena!! é nisso que tens de acreditar.
e que as saudades se vão matando com muitos mimos sempre que podes e que isso já é muito bom, e que não vai ser sempre assim, um dia a transição será completa e terás de novo mais tempo para eles.

força!

bjs