terça-feira, março 16, 2010

Quantas desventuras podem acontecer numa simples viagem de avião? - Parte I

(ou, a história que mais demorou a ser escrita e finalmente publicada, ou ainda, a primeira história por partes deste blog)
Não sei, mas posso garantir que elevei a fasquia na minha última viagem.

Tudo começou com uma troca de ameaças amigáveis: Olha que apareço! Promessas! Olha que vou mesmo!  Vou ficar à espera sentada! A verdade é que fui e que nos divertimos muito. Pelo menos no durante, porque no ir e no vir ganhei uns quantos cabelos brancos...

Quinta-feira, 25 de Fevereiro 16h40. Trocam-se os últimos emails sobre planos e expectativas e lembro-me de imprimir o eTicket das viagens de avião para confirmar o vôo do dia seguinte e efectuar o check-in online mais tarde.

Vôo confirmado, dobro o papel em três e coloco em cima da agenda para não ficar esquecido.

Estou a despachar mais uns pendentes, quando pelo canto do olho leio:

COSTA/SANDRA MRS 27FEB LIS LHR

27 de Fevereiro?! Mas amanhã é 26. Porque raio é que está ali 27?!

Desdobro o bilhete, e volto a ler o cabeçalho. Confirma-se, está lá mesmo 27 de Fevereiro. Deixa lá ver então a informação dos vôos e... AAAHHH A partida está para sábado! Como é possível?! Eu marquei para sexta! Sim, eu marquei! E até mandei o eTicket para elas terem os dados do meu vôo! Ninguém viu nada! Mas, mas, O QUE É QUE EU FAÇO AGORA?!

Se ir a Londres por três dias já sabe a pouco, quanto mais ir a Londres por dois! E os nossos planos para o sábado de gajas com passeios por todos os mercados e noitada - vá, fim-de-dia prolongado - num pub porreiro?!

Na minha cabeça começou logo a rodar um filme onde eu própria me chicoteava por tal lapso e obrigava a recompensar-me pelo fim-de-semana estragado. Ao mesmo tempo, havia pessoal a ter um treco a umas largas centenas de milhas de distância e eu tentava perceber como dar a volta à questão.

Primeiro os factos:
  1. o bilhete foi comprado numa agência online sediada em Palma de Maiorca (as maravilhas da internet que nos permitem comprar bilhetes para partidas e chegadas no nosso país mas que ficam mais baratos se comprados no estrangeiro...) sem seguro de cancelamento (nunca mais poupo dez euros);
  2. são praticamente cinco da tarde, por isso, seis da tarde em Espanha;
  3. mandar email está fora de questão por isso é telefonar e esperar que nos atendam (e que nos entendam).
Pego no telemóvel, marco o comboio de números e do outro lado atende-me uma espanhola toda prestável. Descrevo a situação num portunhol irrepreensível e pergunto se é possível alterar a data de vôo para a sexta. Sim claro! Desde que pague os custos de alteração e a diferença de tarifa se for o caso, e, haja vaga. Então e há vaga?! Há uma vaga no vôo das 7h30. 7h30?! Deixe-me pensar e já volto a ligar

Volto a encarar os factos:
  1. não gasto um tostão e fico com uma viagem a Londres de dois dias;
  2. gasto o valor da alteração, mais um dia de férias e fico com uma viagem a Londres de quatro dias.
Desabafo com o maridinho - e aproveito para chorar um bocadinho e libertar o stress que já é mais que muito por esta altura - e volto a entrar em contacto com a agência.

Desta vez, calha-me uma espanhola de pouca paciência. Assim que digo "estou a ligar de Portugal" ouço "de Portugal?" e pimbas espeta-me com música de espera. Passado uns minutos que me pareceram horas, atende-me uma portuguesa. Volto a explicar a situação e peço-lhe para proceder à alteração da partida para o vôo das 7h30 do dia seguinte, quando do outro lado da linha ouço um:

- Ai não sei se vai ser possível...
- Não sabe?! Mas a sua colega de Espanha disse que sim!
- Só um momento que vou confirmar. É que já é muito em cima da hora...

Espero, volto a esperar, mas a espera compensa e no fim volta a moça com a resposta que se queria ouvir. Trata-se das burocracias (e do pagamento extra) e volto a respirar de alívio. Ou pelo menos até ouvir um: Mas olhe que vou ter de lhe voltar a ligar para confirmar a emissão do bilhete e informar se é necessário pagar algumas taxas extra. Mais!? Suspiro derrotada e fico à espera do telefonema.

Uma hora depois, tenho novo eTicket, menos um dia de férias, mais um dia em Londres, menos o custo de alteração de vôo na carteira, mas nada de taxas extra.

O primeiro round terminou. Mal sabia que o combate mal tinha começado.

9 comentários:

tarapatices disse...

Animado, portanto! ;-SSS

Luz de Estrelas disse...

Credo, eu ficava lodo doida no round 1

Rita (a minha pequena lua) disse...

céus!

Diana Bento da Silva disse...

à espera da parte II :)

shu disse...

e qd tu me dizes que chegas as 10:30h e eu te digo que nao, que chegas as 21:30h??? lololol

sofia disse...

anciosamante à espera da segunda parte....
bjs
sofia

Quicas disse...

Fico à espera do resto...

rosinha_dos_limoes disse...

Credo! essa viagem saiu-te do coiro! LOL
Nem quero imaginar a volta hihihi mas se estás cá, é porque se resolveu a bem ;o)

Susana disse...

É por essas e por outras que marco quase sempre por agências, em balcões.

Conta o resto!