terça-feira, agosto 16, 2011

Saudades do que ficou...

Almoçar à sombra fresca de um castanheiro.


Jantar sem outra luz que a do sol que se esconde por trás do monte.


Tomar o café enquanto o sol se põe


E acordar tarde, empurrada da cama pelos miúdos, para abrir a janela de par em par e sentir o cheiro a terra.


[e partir-se a única objectiva que se levou a meio das férias e andar-se um bocadinho viciada no instagram resulta num post como este...]

4 comentários:

Mónica disse...

Bolas, até me dá vontade de ir de férias outra vez só de ver estas imagens!! estava-se tão bem no campo...
Beijocas

Luz de Estrelas disse...

A da mesa então está super, super poética

Soph disse...

Apetecia-me ser uma cabra e viver nesses montes!!! eheheh

Clara disse...

opa da vontade de ir JÁ para um sitio assim