terça-feira, abril 17, 2012

Zero Desperdício

Acabaram de me dar a conhecer este projeto e embora tenha acabado de nascer julgo que tem tudo o que é preciso para marcar a diferença pela positiva, especialmente em tempos de grande contenção em que toda a gente está mais sensível a estas questões.

Espreitem o site: http://www.zerodesperdicio.pt/ e dêem-no a conhecer às entidades que conhecem de dispor de serviços de refeitório e bar ou considerem voluntariar-se nesta ideia de matar a fome de uns com o que sobra a outros.

Fica o texto de apresentação do site do projeto:
PORTUGAL NÃO SE PODE DAR AO LIXO
Cerca de 360 mil portugueses passam fome. Enquanto isso, estima-se que todos os dias 50 mil refeições são desperdiçadas de norte a sul do país. O movimento Zero Desperdício está a aproveitar os bens alimentares que antes acabavam no lixo – comida que nunca saiu da cozinha, comida cujo prazo de validade se aproxima do fim, ou comida que não foi exposta nem esteve em contacto com o público – fazendo-os chegar a pessoas que dela necessitam. Ao entrar num estabelecimento com o selo Zero Desperdício, tem a certeza de que todas essas refeições são aproveitadas e encaminhadas para a mesa de alguém. Uma iniciativa em que os estabelecimentos e os seus clientes participam sem gastarem um cêntimo.

5 comentários:

akombi disse...

ouvi hoje na rádio megafm sobre essa grande iniciativa.

sempre me questionei sobre este assunto não só do tempo que trabalhei numa escola básica a onde as refeições são servidas por uma empresa, havia uma especie de rivalidade escola/empresa, a empresa dividia os alimentos conforme as vontades das crianças, com o tempo conhece-se quem come mais, para não haver desperdicio davam mais a quem comia menos e menos a quem comia pouco, algo que acho que estava a resultar no que toca a desperdicios ( era como o pão quem não o comia não levava no tabuleiro, quem comia mais podia levar 2)....nem imaginas a confusão, veio a diretora cheia de protocolos....a comida começou a ser pesada nas doses pois protocolo X exigia X gramas por criança.....a partir daqui era ver o desperdicio que nem poderia ser levado por pessoas que tinham animais, esse desperdicio ia para o contentor ao lado da escola e quem o queria,como as sacadas de pão limpo, era vê-los a remexer no lixo....esperemos que estes tempos mudem mentalidades, algo de bom que venha.

Helena Barreta disse...

Sim, é uma boa iniciativa. Sempre questionei o porquê de deitar fora comida quando há tanta gente a passar fome.

Rita (a minha pequena lua) disse...

também acho que pode ter pernas para andar.

Anna^ disse...

Iniciativas como esta ,precisam-se!

Tita disse...

Todos deviam ter direito a uma refeição digna.