sábado, setembro 15, 2012

Foi uma das tardes...

mais marcantes que já vivi. Famílias inteiras, gente de todas as convições, dois ou três mares de gente que se uniu por uma causa que nos atinge a todos, ou pelo menos a esmagadora maioria. Não levei nem os meus filhos, nem a minha máquina e fiquei logo arrependida. É bom perceber que somos capazes de nos unirmos e somos capazes de mostrar a nossa indignação de forma totalmente pacífica. Espero que estas manifestações que ocorreram um pouco por todo o país tragam efetivamente frutos. 

E que todos possamos beneficiar deles.


[ver fotos aqui... agora não tenho mesmo tempo para as adicionar. para a próxima lembrar de pelo menos verificar se o telemóvel tem bateria para não ficar sem registos a meio da manif e ter que pedinchar o da cara-metade de vez em quando :p]

2 comentários:

Flor Guerreira disse...

Ainda és das que acredita que com isso vamos chegar a algum lado. As pessoas unem-se e aproveitam para ir ao bar ali ao pé beber umas cervejolas...para isso há dinheiro...é folclore...

akombi disse...

Estou como a Flor Guerreira e mais tenho tanta vergonha de ser Portuguesa mas o que foi aquilo ontem? cravos? canção vila morena? mas anda tudo doido, nada tem a ver com a rev 25 de abril que teve um sentido - a liberdade e esta que sentido teve? se calhar como o jornalista da TVI referiu em final de reportagem " um terminar da festa, uma passerelle de gente".