domingo, novembro 11, 2012

Terapia de trazer por casa...

Terapia: cinco agulhas, lã, tempo e silêncio.

Desta vez o resultado foi uma perneira para ela e uma cabeça mais organizada para a mãe, mas ainda há trabalho pela frente, tanto para acabar o par da perneira como na arrumação das ideias e desilusões.

Há é que voltar a roubar mais tempo para acabar o serviço, pois nem ela aguenta esperar muito para estrear as perneiras, nem a mãe pode continuar assim em modo de bicho-do-mato indefinidamente.






Mas ficaram mesmo giras, digo eu.

[entretanto descobri que as perneiras também são excelentes para aquecer os braços e as mãos quando se está ao computador e está a querer-me parecer que estas vão ganhar uma segunda função :p]

12 comentários:

Ana disse...

Um apertinho só para ti. *

akombi disse...

Uau! adorei a cor bem como os pontos, um resultado bem lindo e qd multi funcional melhor ainda, que as ideias se organizem e tudo corra como desejas, é dificil nos dias de hoje desejar mas temos que acreditar e nunca perder a esperança.

inesn disse...

Lindas!! Força nisso, miúda *

Célia disse...

Mesmo giras.... não queres fazer umas para a Marta não? Beijos!

Monica Lourenço disse...

ADORO!!

luz-estelar disse...

onde está? o que aconteceu? estás inteira? poramordedeus, estava/preocupada!

joana

Anna^ disse...

Ficaram giríssimas! A lã também foi muito bem escolhida:a cor,a textura. ;)

1gota disse...

Giras, muito giras!

Embora não sabendo o que se passa não posso de deixar-te um bocadinho de força deste lado e desejar que saias desse modo bicho-do-mato muito rapidamente!
um beijinho grande.

Miúda disse...

sao giras, adorei :D

Sofia disse...

Bem que jeitinho!!!! :)) Lindas!!

rosinha_dos_limoes disse...

As perneiras são lindas! e nada como mexer as mãos para descontrair.
Quanto ao resto ... só te posso desejar o melhor de tudo!
Beijinhos
(queria dizer mais qualquer coisa, mas não sei o quê :p)

Ana Luisa disse...

Olá! Andava por aqui a tentar ver receitas para fazer umas perneiras e encontrei as suas!!! ADOREI-AS! Por acaso não me pode dar a receita para as fazer se faz favor?
Obrigada,
Ana Luísa.